• Shortcuts : 'n' next unread feed - 'p' previous unread feed • Styles : 1 2

» Publishers, Monetize your RSS feeds with FeedShow:  More infos  (Show/Hide Ads)


Date: Wednesday, 16 Apr 2014 20:10

sala-da-justica_14

Na Sala da Justiça de ontem, conversamos sobre os temas que se destacaram aqui no blog de 8 a 15 de abril. Nesta décima quarta edição, Laguna, Ronaldo, Dori, Cardoso, Matheus e eu falamos sobre o temível bug Heartbleed e o que você pode fazer para se proteger; um Galaxy S5 que soube se defender de uma violência gratuira; os carros da Mazda que tiveram que fazer um recall por causa de aranhas; o railgun que será usado em navios da Marinha dos EUA a partir do ano que vem; o eclipse da Lua, que eu não consegui ver por causa da chuva; por quais motivos Capitão América 2: O Soldado Invernal é um ótimo filme de espião; os nefastos “spoilers” de séries de TV, livros ou filmes.

Também falamos sobre o próximo game da série Civilization, que vai nos levar para o espaço; o gameplay de Star Citizen, um simulador espacial que promete e muito, e já arrecadou US$ 42 milhões em sua campanha de crowdfunding; o KitKat para Google Glass e o fim das chamadas em vídeo no gadget; como atualizar seu smartphone para a versão developer do Windows Phone 8.1 e poder usar a assistente Cortana; por qual motivo não devemos aplicar trotes estúpidos no Twitter (ou qualquer outro lugar); e finalmente os 112 anos do Nokia Tune.

Na Roleta Russa da semana, a declaração do fundador da Oculus VR, que acredita que as TVs vão desaparecer em algumas décadas. Yay or Nay?

Clique abaixo para assistir ao vídeo.

The post Sala da Justiça do MB #14: Heartbleed, Capitão América 2, Civilization no Espaço e muito mais appeared first on Meio Bit.








Attached Media: audio/mpeg (54 600 ko)
Author: "Meio Bit" Tags: "Sala da Justiça, SdJ, Cortana, Heartble..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Wednesday, 16 Apr 2014 19:00

martin-o-donnell

Se você já jogou qualquer game da série Halo, então você conhece o trabalho de Martin O’Donnell. Presente na Bungie desde antes dela ser adquirida pela Microsoft, o compositor e até então chefe do departamento de som da desenvolvedora compôs toda a trilha sonora dos games da série até Halo: Reach, quando ela se desligou de Redmond. Ainda assim a música-tema da série composta por ele permanece até hoje, é uma das canções mais icônicas da história dos games.

Entretanto isso é passado, pois sem nenhum motivo aparente a Bungie o demitiu.

As circunstâncias de seu desligamento da desenvolvedora permanecem um mistério. O’Donell se limitou a dizer no Twitter que ele foi dispensado no último dia 11 “sem justa causa” pelo conselho de diretores da companhia. Ainda que a desenvolvedora possua certa independência hoje ela mantém um acordo de publicação exclusiva de seus games com a Activision por dez anos; mesmo que Destiny (título em que O’Donnell estava atualmente trabalhando) seja propriedade da Bungie é evidente que a Activision tenha poder de decisão em seus assuntos internos, além do fato que hoje em dia estúdios não mais mantém compositores exclusivos. Em suma, o mais provável é que ele tenha sido sacado como forma de cortar custos. Em nota, a Bungie disse apenas que “como amigos, hoje dizemos adeus” e que deseja o melhor a O’Donnell.

O’Donnell começou sua carreira compondo jingles para a TV, até o momento em que sua empresa Total Audio trabalhou como designer de som em Riven. Depois disso ele produziu a trilha de Myth II e foi contratado para trabalhar em outros títulos da Bungie como Oni e o próprio Halo: Combat Evolved, à época planejado para Mac. O’Donnell se uniu ao time da desenvolvedora apenas dez dias antes da Microsoft adquirir o estúdio. A partir daí ele se tornou aclamado pelo excelente trabalho realizado na trilha sonora dos primeiros títulos da série Halo, e a música-tema da série é frequentemente listada entre os melhores de toda a história dos games.

É uma pena que O’Donnell tenha sido demitido dessa forma, mas há de se levar em conta que do time original da Bungie ele era um dos últimos ainda presentes na companhia; dos fundadores apenas Jason Jones permaneceu (ele está trabalhando em Destiny). Por outro lado ele é um compositor de mão cheia, e agora que ele está livre pode (e vai) contribuir com suas músicas em projetos de outros estúdios.

Fonte: IGN.

The post Compositor da trilha sonora original de Halo é demitido pela Bungie appeared first on Meio Bit.








Author: "Ronaldo Gogoni" Tags: "Bungie, Martin O'Donnell, Cultura Gamer,..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Wednesday, 16 Apr 2014 18:30

cortex-a15

A Apple e a Samsung podem viver às turras nos tribunais, mas quando se trata de fornecimento de processadores elas são quase melhores amigas. Cupertino mantém tanto a fabricante coreana quanto a taiwanesa TSMC como suas principais fornecedoras de chips para iGadgets, ao passo que a Sammy também utiliza sua expertise para abastecer seus próprios aparelhos, ainda que tenha na Qualcomm um parceiro forte.

Quem corria por fora desse cenário até agora era a LG. Quase a totalidade de sua linha mobile possui chips Snapdragon, mas isso está em vias de mudar. A companhia coreana anunciou hoje que assim como seus concorrentes vai iniciar a produção de seus próprios SoCs, presumivelmente octa-cores com tecnologia big.LITTLE MP, consistindo de quatro núcleos ARM Cortex-A15 com clock de 2,2 GHz e quatro Cortex-A7 de 1,7 GHz. A CPU do chip (que teria recebido o codinome de “Odin”) seria a PowerVR Series 6. Claro, a LG vai desenvolver mas não irá fabricar os chips; a produção em massa ficaria a cargo justamente da outra fornecedora de chips da Apple, a TSMC, utilizando o processo de litografia de 28 nanômetros. Em termos técnicos o Odin ficaria pau a pau com a nova linha de chips Exynos 5 da Samsung.

Segundo o Korea Herald, o LG G3 seria o primeiro modelo a contar com o chip, entretanto nesse primeiro momento apenas a variante sul-coreana receberia o processador; os modelos vendidos em outros mercados contarão muito provavelmente com o Snapdragon 801, como um benchmark da AnTuTu já deu a entender. A ideia é que seus chips possam ser empregados em modelos top de linha da LG, além de serem oferecidos a outros fabricantes. Uma variante quad-core seria desenvolvida para modelos mid-high e de entrada.

Eu acredito que a LG até que demorou um bocado para produzir seus próprios chips, já que ela possui know-how e dinheiro para tocar a produção de hardware próprio. Por outro lado a Qualcomm pode ver seu alcance diminuir consideravelmente se Samsung e LG se moverem para dar preferência a seus próprios chips, e no caso da segunda se ela realmente se posicionar como uma fornecedora de SoCs concorrente.

Fontes: PAKH.

The post LG confirma que vai produzir seus próprios processadores mobile appeared first on Meio Bit.








Author: "Ronaldo Gogoni" Tags: "big.LITTLE MP, Comunicação Digital, qu..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Wednesday, 16 Apr 2014 17:30

steam

Mês passado surgiu na internet um infográfico que trazia algumas informações sobre o Steam e no meio de uma infinidade de números, uma informação chamou a atenção do autor deste interessante artigo publicado no GamesBeat.

Levando em consideração as conquistas que podem ser obtidas nos jogos, o responsável pelo gráfico descobriu que dos jogos adquiridos através do serviço de distribuição da Valve, 29,6% nunca foram terminados, o que já seria bastante impressionante, mas o que realmente chama a atenção é revelação de que 22,2% das aquisições não terem sido jogadas (o Ars Technica afirma que o número seria 36,9%).

Diante de tal número, o autor do post elabora algumas teorias sobre o porque disso acontecer, como por exemplo as promoções realizadas pelo Steam se tornaram uma espécie de viral ou nos pacotes com vários títulos, fazendo com que muito invistam em jogos que em condições normais nunca teriam interesse.

Outra possibilidade levantada por ele seria a influência de análises negativas, o que faria com que uma pessoa que tenha investido em um jogo muito barato, acabe o deixando de lado ao ver muitas reclamações sobre ele, preferindo gastar seu tempo com outros games que lhe interessem mais.

Porém, um dos motivos mais fortes para tantos investirem em jogos que permanecem esquecidos parece ser mesmo o preço. No Steam é comum nos depararmos com ofertas que nos pareçam irrecusáveis e mesmo sabendo que cedo ou tarde tais títulos aparecerão ainda mais baratos, acabamos preferindo não deixar a oportunidade passar.

Eu ainda diria que o Steam tem um quê de álbum de figurinhas e não foram raras as vezes em que comprei um jogo apenas porque queria tê-lo em minha coleção, mesmo sabendo que dificilmente o jogarei um dia.

Seja lá qual for o motivo, a verdade é que provavelmente qualquer pessoa que jogue no PC possui algo no Steam que nunca foi “tocado”, ou na melhor das hipóteses, foi muito menos jogado do que ela imaginava quando comprou e a pergunta que talvez nunca tenhamos uma resposta é, porque compramos jogos que nunca jogaremos?

Bom, enquanto você fica por aí pensando, faça o seguinte, acesse este site (ou este), coloque o seu nome de usuário ali na caixa de busca e descubra quantos títulos da sua coleção você ainda não jogou e o pior, quanto já gastou no Steam até hoje valeria seus jogos (nem tenho coragem de divulgar meu resultado). Só por favor, não vá cair no choro, ok?

The post Por que nós não jogamos os games adquiridos no Steam? appeared first on Meio Bit.








Author: "Dori Prata" Tags: "Coleção, Distribuição Digital, Steam..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Wednesday, 16 Apr 2014 17:00

android-icons-a

Vamos ser francos aqui: o Google tem um certo problema com  a consistência visual de seus produtos. Ao invés de definir uma aparência única para suas aplicações no Android e web, por alguma razão elas são sensivelmente diferentes. Ainda que não chegue a causar confusão passa a mensagem que Mountain View não consegue se organizar a ponto de padronizar uma identidade visual.

O Google se preocupa com a iconografia no que tange a recomendar os desenvolvedores, mas não parece seguir seus próprios conselhos. Agora, segundo fontes próximas ao desenvolvimento do Android o Google vai mudar novamente o visual dos ícones do robozinho para algo mais chapado e uniforme, de maneira a deixar seus tamanhos mais próximos. Claro, é uma tendência já vista no iOS 7 e que desenvolvedores estão seguindo em seus próprios apps, portanto o Google os estaria mudando para que seus ícones acabem não destoando do conjunto geral.

Na imagem que abre o post você pode ver o novo visual dos aplicativos. Espera-se que agora o Google padronize seus ícones ao invés de manter a situação atual: enquanto os apps web seguem suas recomendações de aparência bidimensional, o mesmo não pode ser dito de suas versões Android. Entretanto os novos ícones são diferentes dos utilizados hoje na web, e não se sabe se eles serão padronizados.

android-icons-001

Ainda não há previsão de quando a mudança acontecerá, mas ao que tudo indica será logo: na página do Google Partners já podem ser vistos os apps do YouTube, Google Calendar e Google Maps atualizados para a versão que estará presente no Android. Se vão padronizar os ícones também para a web, ainda não se sabe.

android-icons-002

Fonte: AP.

The post Ícones do Android podem ser reformulados na próxima versão do sistema appeared first on Meio Bit.








Author: "Ronaldo Gogoni" Tags: "visual, Comunicação Digital, design, W..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Wednesday, 16 Apr 2014 16:00

the-division

Saber que um jogo que tanto esperamos será adiado é certamente uma situação extremamente frustrante, mas para David Polfeldt, diretor do Tom Clancy’s The Division, esse é um mal necessário e mais estúdios deveriam saber quando suas criações precisam de mais tempo para serem melhoradas.

É muito importante para nós, como desenvolvedores, saber que os donos [da franquia] e a editora estão preparados para levar esse golpe e o atraso do Watch Dogs foi um golpe imenso. Acho que as ações deles caíram 25% no dia em que anunciaram que o jogo seria adiado. É preciso muita coragem para seguir em frente a partir daquele dia e ainda pensar que foi uma boa decisão. Então, para nós que estamos do lado do desenvolvimento, aquela foi uma importante mensagem de que no fim das contas a gerência suportará os objetivos que temos, que é fazer com que o jogo seja fantástico.

Polfeldt reforçou sua opinião dizendo que se tiverem que escolher entre tempo e qualidade, é muito melhor que eles tenham que se preocupar apenas em entregar o melhor produto possível, aproveitando ainda para elogiar a maneira como a Ubisoft os tem tratado.

Porém, a declaração do game designer preocupou algumas pessoas que não aguentam mais esperar pelo lançamento do jogo, pois embora ele esteja previsto para ser lançado ainda este ano, o comentário leva a crer que o The Division poderá sofrer um adiamento.

Eu prefiro fazer parte do grupo que defende que um game só deve ser lançado quando estiver pronto, independente do tempo que levará para isso acontecer e quando você escuta alguém como Hideo Kojima dizendo que pensou em pedir demissão depois de ver a criação da Massive Entertainment rodando, chega a ser injusto desejar que a pressa estrague algo tão promissor.

Fonte: The Examiner.

The post Criadores do The Division defendem adiamento de jogos appeared first on Meio Bit.








Author: "Dori Prata" Tags: "Games, Massive Entertainment, Miscelâne..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Wednesday, 16 Apr 2014 15:30

samsung-prototype-tizen

A Samsung tem se mantido deveras silenciosa sobre o Tizen, o seu próprio sistema operacional mobile baseado no MeeGo. Atualmente o foco é embercá-lo em sua linha de smartwatches, mas depois de levar um smartphone protótipo à MWC 2014 rodando o sistema nada mais foi dito sobre a possibilidade de vermos aparelhos com ele, até agora.

Em entrevista à Reuters o SVP de estratégia de produtos da Samsung Yoon Han-kil disse que o objetivo atual principal da companhia é que o Galaxy S5 supere o número de vendas do S4, tarefa essa que pode não ser tão difícil quanto parece. Levemos em conta as vendas do S3, que atingiram oficialmente 50 milhões de unidades; o S4 vendeu 40 milhões nos primeiros seis meses. As vendas do S5 no primeiro dia atingiram o dobreo do montante do S4 em 2013, então é bem provável que as vendas sejam bem expressivas daqui pra frente.

Entretanto a melhor parte da entrevista foi de fato sobre o Tizen. Yoon Han-kil disse que os primeiros aparelhos rodando o sistema chegarão ao mercado mais cedo do que se imaginava. Seriam a princípio dois modelos: um top de linha que está previsto para ser lançado no fim de junho e que é voltado para concorrer com os principais modelos Android de outras companhias (como o LG G2 e o HTC One M8), enquanto outro mid-high chegaria às lojas pouco tempo depois.

A intenção da Samsung não é abandonar o Android em prol de seu próprio SO, entretanto deixou claro que não quer depender dele para sempre. A ideia é capitalizar em cima do sistema, vendendo aplicações e serviços terceirizados tal como ocorre hoje com o iOS e Android. E acrescenta que os planos de expansão do Tizen são bem ousados: a Samsumg quer que ele seja um sistema de sucesso e para isso, ele deverá estar presente em 15% de seus smartphones.

Por enquanto a única opção para testar o sistema é adquirir algum smartwatch mais recente da linha Gear, já que a primeira geração rodava Android. Ainda assim Yoon disse que a Samsung pretende lançar outro modelo rodando Android no futuro e que vão disponibilizar a compatibilidade de seus modelos com outros dispositivos Android em breve. Sobre os smartphones com Tizen ainda não há qualquer informação de datas, modelos, preços ou qualquer outra coisa.

Fonte: Reuters.

The post Samsung vai lançar primeiros aparelhos com Tizen no meio do ano appeared first on Meio Bit.








Author: "Ronaldo Gogoni" Tags: "Comunicação Digital, Hardware, Planeta..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Wednesday, 16 Apr 2014 14:30

mass-effect-reborn

Uma das coisas que sempre considerei mais arriscadas na indústria de games é quando uma empresa decide lançar uma versão de sua franquia famosa com um gênero bastante diferente do original. Em boa parte das vezes isso não dá certo, mas mesmo assim é comum nos pegarmos imaginando como um determinado jogo ficaria se adotasse um estilo muito distante do que estamos acostumados.

Pegue a série Mass Effect, por exemplo. Mesmo sendo uma das melhores da geração passada, o universo criado para ela é tão rico que acho que a BioWare poderia explorá-lo de outras maneiras e porque não através de uma jogo de estratégia? Já pensou poder comandar frotas imensas de naves enquanto encara Reapers, Collectors e as muitas raças espalhadas pelo espaço?

Pois o pessoal da Phoenix Interactive teve essa ideia e depois de terem utilizado o Homeworld 2 para homenagear a franquia Stargate, eles resolveram dar o mesmo tratamento ao Comandante Shepard e sua turma.

Contando com a ajuda de alguns sites especializados no jogo, o grupo lançou a versão pré-beta do Mass Effect Reborn, que utiliza o RTS da Relic Entertainment como base e se tudo der certo, sua versão final deverá contar com mais diálogos, uma árvores de habilidades, mais finais e uma inteligência artificial aperfeiçoada.

Como eu não tenho o Homeworld 2, infelizmente não pude testar essa modificação, mas acho que só a sua ideia já é digna de divulgação e quem sabe ela não sirva para o pessoal da BioWare se interessar em criar algo nesses moldes.

The post Mod transforma o Mass Effect em um jogo de estratégia appeared first on Meio Bit.








Author: "Dori Prata" Tags: "Homeworld, RTS, Games, MOD, Computadores..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Wednesday, 16 Apr 2014 14:16

project-ara-motorola

A primeira conferência do Project Ara foi realizada ontem, e o Google demonstrou extremo otimismo com o projeto do smartphone modular, mesmo que ele tenha que passar por um longo caminho para deixar de ser um projeto e virar um produto de fato. Tanto é que a empresa definiu janeiro próximo como a data de seu lançamento oficial.

O líder do Project Ara Paul Eremenko delineou o percurso que o experimento vai percorrer na conferência realizada aos cerca de 200 desenvolvedores presentes no Museu da História da Computação na Califórnia. O modelo inicial que será disponibilizado foi chamado de “Gray Phone” por ter um tom cinza monótono, para “estimular os consumidores a customizá-lo”, disse Emerenko. Com um preço planejado de 50 dólares, ele será o aparelho básico ao extremo para que os compradores sejam compelidos a adquirir mais e melhores módulos para possuir um smartphone aceitável.

project-ara-001

O Google está se focando muito no design do aparelho mais na sua capacidade técnica, o que reforça a ideia de que o Ara não é pensado como um top de linha. Ao invés disso ele seria o primeiro passo da visão de futuro da empresa, em que o consumidor montaria seu próprio smartphone com os componentes que ele quiser. Reforçado pelo fato de que o Android é o sistema mobile mais popular do mundo, a intenção é atrair o consumidor para a possibilidade de customizar seu aparelho como quiser através da futura loja online, que ofereceria tanto módulos individuais quanto kits baseados no design que mais agrade.

A ATAP (Advanced Technology and Projects), a divisão responsável pelo hardware está desenvolvendo diversos modelos do Ara com diferentes graus de modularidade, o que pode e irá influenciar na performance de cada aprelho. O chassi é planejado para durar de cinco a seis anos, os módulos serão fixados com eletroímãs permanentes e utilizarão o protocolo UniPro para comunicação. A produção dos componentes, o ponto mais crítico para a agilidade e o barateamento dos custos o Google fechou parceria com a 3D Systems para o desenvolvimento de uma impressora 3D ignorante, dedicada para esse fim. Outros acordos foram fechados com o MIT e o Carnegie Mellon, e considerando que a ATAP é chefiada pela ex-DARPA Regina Dugan, pode-se dizer que o projeto está bem encaminhado.

project-ara-002

O cronograma do Ara é bem apertado: o suporte ao barramento de energia é previsto para estar pronto em maio; as funções de sistema, em setembro; certificações regulatórias e de operadoras e o suporte pós-venda, em novembro. O ponto mais curioso é o Android: obviamente que o Ara vai rodar o sistema do robozinho, mas até o momento ele não oferece suporte para componentes modulares. Emerenko disse na conferência que “felizmente temos o Google”, o que arrancou risos da plateia. A previsão é que o sistema seja completamente compatível com o aparelho somente em dezembro, e essa será uma das últimas tarefas que a equipe vai executar antes do lançamento comercial.

O Google planeja realizar mais duas conferências do Project Ara, uma em julho e outra em setembro. Emerenko disse ainda que permanecerá no projeto até abril de 2015, quando ele completará dois anos. Isso segundo ele é um padrão da DARPA para manter o ritmo de desenvolvimento sempre em caráter de urgência.

The post Project Ara chegará ao mercado consumidor em janeiro de 2015 appeared first on Meio Bit.








Author: "Ronaldo Gogoni" Tags: "darpa, lançamento, Comunicação Digita..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Wednesday, 16 Apr 2014 13:00

final-fantasy-x-hd

Numa atitude que pegou todo o mercado de surpresa, a Sony emitiu um comunicado à imprensa onde revela um acordo para vender todas as 9,5 milhões de ações que possuía da Square Enix, um negócio avaliado em 4,8 bilhões de ienes, ou, cerca de 47 milhões de dólares.

O curioso é que o preço do negócio foi muito inferior aos aproximadamente US$ 157 milhões que essas ações valeriam. Sendo a terceira maior acionista da produtora há mais de 10 anos, o motivo para a venda não foi dado, mas esta provavelmente foi uma das maneiras encontradas pela fabricante para aumentar um pouco os ganhos do ano fiscal que terminará no próximo dia 31.

Com isso, apesar do caixa da Sony dar uma respirada, chega ao fim uma das mais importantes parcerias entre empresas de games no Japão e embora há muito a Square tenha deixado de lançar seus RPGs apenas nas plataformas da família PlayStation, foi muito devido a esta proximidade que por tantos anos vimos os Final Fantasies aparecerem apenas nesses consoles.

Agora, com as ações ficando nas mãos da Nikko Securities, uma das maiores corretoras japonesas, fica a dúvida sobre como a venda poderá afetar o futuro da Square, mas a esperança dos fãs é que o desenvolvimento dos jogos não sejam afetados, ainda mais depois do presidente da editora ter dito que eles pretendem voltar às origens.

Por fim, chama a atenção a forma como a Sony não tem feito a menor cerimônia para se desfazer de boa parte de suas propriedades e por tudo o que tem acontecido nos últimos meses, acho que essas vendas continuarão sendo anunciadas. A questão é, qual será a próxima?

Fonte: Siliconera.

The post Sony vende suas ações da Square Enix appeared first on Meio Bit.








Author: "Dori Prata" Tags: "Indústria, playstation, Sony, Ações, ..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Wednesday, 16 Apr 2014 11:30

starcraft-2

No próximos dias a Suécia passará por um novo processo eleitoral e para mostrar ao mundo que o país possui muito mais do que apenas o prêmio Nobel e mulheres bonitas, eles resolveram submeter seus políticos a um confronto no mínimo inusitado.

Ao invés de colocar os malas candidatos para se encontrarem na televisão, naqueles debates extremamente chatos e com discursos decorados, Jonathan Rieder Lundkvist teve a ideia de criar o Politikerstarcraft, um torneio que visa descobrir qual deles é o melhor jogador de StarCraft II.

Sendo um dos membros do Partido Pirata, aquele cuja preocupação é a censura na web, questões relacionadas a direitos autorais e reforma de patentes, o próprio autor da proposta está envolvido com a política e na verdade, a ideia aqui é passar aos participantes a importância dos eSports, além de aumentar o interesse dos jogadores pela política, sendo que outro evento semelhante já havia sido realizado na eleição passada.

Votar é importante e parece que nos esquecemos disso,” disse o organizador da disputa. “Isso é parte do porque criamos isso: mostrar aos políticos que o eSports é algo e lembrar à juventude que seus votos importam. Eles não devem desperdiçá-lo.

Para esta edição do torneio a promessa é que ele seja transmitido pela internet, contando até com uma dupla de comentaristas e para fazer o negócio pegar fogo logo no começo, eles pretendem colocar para duelar no primeiro round justamente aqueles que possuem ideologias diferentes.

O próprio Lundkvist admite que ter os grandes figurões seja quase impossível, mas talvez isso seja o menos importante nesta história. É claro que ninguém construirá um mundo melhor jogando StarCraft II, mas o evento serve para mostrar o quão na frente do resto de boa parte do planeta os suecos estão, se não em termos de política, ao menos em se tratando de civilidade. Ou vai me dizer que você acha que uma partida entre situação e oposição aqui no Brasil terminaria bem?

Fonte: The Verge.

The post Políticos suecos medirão força no StarCraft II appeared first on Meio Bit.








Author: "Dori Prata" Tags: "StarCraft II, suécia, eSports, polític..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Wednesday, 16 Apr 2014 00:23

Fotografo

Hoje os sites, blogs, listas de discussão e as mídias sociais que lidam com o tema fotografia foram invadidas pela notícia de que a Câmera dos Deputados havia aprovado a proposta de regulamentação da profissão de fotógrafo. Ou seja, fujam para as montanhas. Bem, mas não creio que o caso tenha sido esse. O projeto, ao que parece, não passou por nenhuma votação no plenário e, pelo que eu saiba, ele estava em discussão nas comissões que analisam os projetos antes da votação final. O próprio texto das várias notícias publicadas em blogs afirmam que “A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou na última terça-feira (8) proposta que regulamenta a profissão de fotógrafo em âmbito nacional. De autoria do deputado Fernando Torres (PSD-BA), o projeto (PL 2176/11) segue para o Senado”. Ou seja, ainda não vamos nos desesperar.

E por que desesperar? Bem, embora um monte de gente desconhecida esteja fazendo campanha para que o projeto seja aprovado o mais rápido possível, também temos uma quantidade expressiva de fotógrafos conhecidos (e reconhecidos) levantando a discussão de que o projeto está muito mal redigido e que não vai ajudar em nada a profissão de fotógrafo. Pela proposta, somente quem possuir diploma de curso superior, curso técnico, ou estar trabalhando na área pelo menos a dois anos, na data de promulgação da Lei, vai poder exercer a profissão de fotógrafo. E é só isso. Do jeito que está ele apenas vai criar uma reserva de mercado para quem já trabalha ou que gastou uma grana em um curso superior. Isso é muito pouco, ainda mais em uma profissão onde a sensibilidade e olhar artístico são importantes para o bom desenvolvimento das atividades. Várias dúvidas são levantadas em como vai ficar a atividade profissional de uma quantidade gigantesca de fotógrafos que atuam em uma igualmente gigantesca variedade de serviços fotográficos.

Talvez nossa amada fotografia seja algo impossível de ser regulamentada. Como criar parâmetros para determinar quem pode e quem não pode ser fotógrafo, uma vez que temos profissionais brilhantes que nunca passaram por uma faculdade de fotografia? O que vejo é o medo de muito profissional de que o mercado seja ainda mais fragmentado por uma quantidade enorme de novos profissionais que estão começando a trabalhar. Mas, o problema do mercado não é a quantidade de pessoas trabalhando, e sim a Educação Financeira de cada um. Quem cobra muito barato morre na praia. O problema é quando profissionais mais experientes passam a cobrar barato também. Ou seja, nós somos culpados pelo ciclo vicioso e creio que nenhuma lei, sindicato, associação ou carteira profissional vão mudar isso.

 

The post Câmara dos Deputados aprova regulamentação para profissão de Fotógrafo – será? appeared first on Meio Bit.








Author: "Gilson Lorenti" Tags: "Fotografia, Áudio Vídeo Fotografia, No..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Tuesday, 15 Apr 2014 22:05

sala-da-justica_azul_quadrados

Está tudo pronto para mais um episódio do Sala da Justiça, nosso programa semanal sobre tecnologia com o Top 7 do Meio Bit! Não deixe de assinar nosso canal no YouTube e também o feed do nosso podcast em áudio.

Para assistir ao programa é só clicar abaixo a partir das 21 h. Até já!

The post Acompanhe hoje a gravação ao vivo do nosso programa Sala da Justiça #14! appeared first on Meio Bit.








Author: "Nick Ellis" Tags: "Sala da Justiça"
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Tuesday, 15 Apr 2014 19:00

michel-ancel-jade-beyond-good-evil-2

Michel Ancel passou os últimos tempos envolvido profundamente com a retomada de Rayman com os ótimos Origins e Legends. Entretanto existe um outro game do desenvolvedor francês lançado há muito tempo atrás, que foi um dos melhores títulos da sexta geração e cuja sequência é esperada ansiosamente há mais de uma década: trata-se de Beyond Good & Evil.

A última vez que tivemos imagens BG&E2 foi em 2008, com um trailer-conceito voltado inicialmente para consoles da geração anterior. De lá para cá o projeto cresceu tanto que foi migrado para PC, Wii U, PS4 e Xbox One, embora Ancel não descarte por completo a possibilidade do PS3 e 360 o receberem também, apenas afirma que será complicado pois essa não é mais a prioridade.

De lá para cá o projeto meio que entrou em standby, a Ubisoft tem priorizado RaymanAssassin’s Creed e mais recentemente Watch_Dogs e Tom Clancy’s The Division, lembrando que a desenvolvedora não mais investirá em novas IPs que não possam ser transformados em franquias. Beyond Good & Evil 2 parecia ter entrado num limbo, até o dia em que um streaming da Ubisoft exibiu Ancel e outros desenvolvedores jogando Rayman Legends enquanto respondiam perguntas dos fãs.

Em um determinado momento alguém fez a fatídica pergunta sobre Beyond Good & Evil 2, ao que Ancel respondeu exibindo pela primeira vez um artwork com o novo visual da protagonista Jade. Seu visual é bem diferente do primeiro game e é bem próximo do visto no trailer de 2009, com a adição de alguns elementos. Ancel disse que o desenvolvimento de Rayman Legends, por sua pegada cômica foi “um alívio” no trabalho de Beyond Good & Evil 2, que possui uma pegada bem mais séria.

Como Ancel e sua equipe não tem pressa nenhuma com o game (ou vai saber se a Ubisoft encomendou outro Rayman), é de se esperar que ao menos o novo título seja grandioso para fazer jus ao título original. Confira um trecho do streaming abaixo, pule para 2 minutos para ver o artwork:

E para não perder a oportunidade, vamos relembrar o trailer de Beyond Good & Evil 2 de 2009:

The post Michel Ancel revela novo visual de Jade em Beyond Good & Evil 2 appeared first on Meio Bit.








Author: "Ronaldo Gogoni" Tags: "PS4, Beyond Good & Evil 2, Sony, artwork..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Tuesday, 15 Apr 2014 18:30

lg-g2

Até o presente momento nenhum fabricante de smartphones mainstream tinha se arriscado a cometer um aparelho com um display de resolução maior do que Full HD. Até a confirmação final muito se pensou que o Galaxy S5 seria o primeiro, o que acabou não ocorrendo. Na China entretanto já tivemos o Vivo Xplay 3S e o Oppo Find 7, ambos aparelhos bem interessantes com telas LCD de qualidade estonteante.

Agora a LG resolveu não esperar mais. Ela já vem estudando displays LCD ultrafinos há um bom tempo como alternativa ao OLED, capitaneado pela tecnologia Super AMOLED de sua concorrente direta Samsung. O resultado foi um display de 1,2 mm de espessura com resolução Quad HD, que especulava-se estaria presente no LG G3, o próximo top de linha da companhia. Digo isso porque a fabricante da Pior Coreia de fato confirmou as informações após uma foto do aparelho surgir rodando o benchmark da AnTuTu, embora algumas informações sejam estranhas.

g3-antutu-benchmark

Vamos por partes: o pessoal do ÜberGizmo diz ter entrado em contato com a LG, que confirmou apenas a informação de que o G3 de fato contará com um display Quad HD. O estranho no benchmark entretanto é ele acusar uma densidade de pixels por polegada de 640 ppi, o que indicaria um display de apenas 4,7″. Ora, o G2 possui display de 5,2″ e cogita-se que a do G3 fique entre isso e 5,5″, portanto por se tratar de um protótipo a gente releva. Outra informação interessante fica por conta do SoC: como a GPU é indicada como a Adreno 330 é seguro afirmar que o futuro top da LG contará com um Snapdragon 801, com CPU Krait 400 de 2,5 GHz.

Por enquanto é cedo para termos certeza, pois é provável que o G3 não dê as caras até o início do verão no hemisfério norte, período esse em que o G2 foi anunciado. Em todo caso desde já parece um smartphone bem interessante, principalmente levando em conta as novidades que a LG tem introduzido em seus últimos aparelhos.

Fonte: UG.

The post LG confirma que G3 contará com display Quad HD appeared first on Meio Bit.








Author: "Ronaldo Gogoni" Tags: "benchmark, Comunicação Digital, qualco..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Tuesday, 15 Apr 2014 17:30

storium

A ideia do game designer Stephen Hood parecia bastante simples e talvez até pouco interessante: criar um jogo que permitisse que as pessoas se reunissem para contar histórias. Enxergando potencial no conceito, o rapaz decidiu iniciar uma campanha para financiar o projeto e para surpresa de muita gente, em menos de 24 horas ele conseguiu o valor que precisava.

No Storium teremos à nossa disposição uma série de cenários pré-definidos e que funcionarão como pano de fundo para as histórias que quisermos contar. Após optar por ambientações como drama médico(!), cyberpunk, fantasia clássica ou terror, daremos aos outros jogadores cartas com desafios que eles tentarão superar, dando continuidade à história.

A mecânica do jogo funcionará com três pessoas, sendo que uma ficará encarregada de ser o narrador, enquanto as outras duas atuarão como os personagens, com a promessa de que tudo funcionará da maneira mais simples possível e sendo limitado apenas pela imaginação dos participantes.

Como você já deve ter se dado conta, uma ferramenta como essas poderá dar origem a uma infinidade de situações memoráveis e extremamente divertidas, ainda mais por ele funcionar através do navegador, podendo ser jogado em qualquer dispositivo capaz de navegar na web.

A única coisa que não gostei muito no projeto é que o Storium não será vendido, mas sim poderá ser acessado mediante o pagamento de uma anuidade de US$ 25. O valor está longe de ser abusivo, mas eu preferia pagar uma única vez por ele e no fim das contas, o que pesará mesmo é saber quais amigos se interessarão pela proposta.

Fonte: Boing Boing.

The post Um jogo onde nos reuniremos para contar histórias appeared first on Meio Bit.








Author: "Dori Prata" Tags: "Storium, kickstarter, Games, Web Games, ..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Tuesday, 15 Apr 2014 16:30

excel-online

E a Microsoft continua em sua nova missão de estar presente no maior número de dispositivos possível. Em outros tempos Steve Ballmer priorizava sua própria plataforma acima de tudo, as novidades eram concentradas ao redor do Windows e Surface e num segundo momento, versões de seus programas (principalmente o Office) seriam disponibilizadas para outros. Quando Nadella assumiu mudou também a forma de pensar da companhia: o conselho não é mais dirigido por Bill Gates e tem pressionado o CEO a focar em software, não hardware. E se donos de iGadgets ou Androids querem usar seus programas, daremos a eles.

Isso levou ao iPad receber o Office antes do Windows RT, algo que Ballmer era contra. Não obstante, a sanha em ganhar dinheiro aatravés da suíte de aplicativos para escritório tem diminuído: ainda que donos do tablet da Apple precisem de uma assinatura do Office 365 para criar e editar arquivos, o mesmo deixou de ser exigido para iPhone e Android: basta apenas ter uma conta de e-mail da Microsoft.

O mesmo vale agora para o Google Chrome: a partir de hoje o pacote Office Online está disponível na Chrome Web Store e ele chega trazendo novidades, introduzidas para todas as versões. O Word possui agora opção de comentários em edições de outros usuários, assim como a edição de notas de rodapé fora simplificada. O Excel passa a contar com o sistema de tutoriais Tell Me já presente no Word, além de dar suporte a VBA. O PowerPoint foi remodelado para priorizar a fidelidade na edição em comparação ao resultado final, e o OneNote agora conta com a opção de imprimir notas.

Como de costume, os apps do Office Online são gratuitos e através do Google Chrome App Launcher, não precisarão acessar o site do Office para criar seus documentos: basta fazê-lo localmente e a magia da nuvem se encarrega do resto.

Fonte: MS.

The post Office Online agora está disponível também na Chrome Web Store appeared first on Meio Bit.








Author: "Ronaldo Gogoni" Tags: "ipad, Office Online, Comunicação Digit..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Tuesday, 15 Apr 2014 16:10

gmail_logo

A maneira com que o Google tem “sugerido” que os usuários utilizem o Google+ pode ser, para parte (considerável) dos usuários, uma forçação de barra desnecessária. Contudo, para quem utiliza o serviço social da empresa, não somente a ampliação dos tentáculos do G+, através da integração com diversos produtos e serviços da empresa, é positiva, como, também, muito bem-vinda. Um dos benefícios da integração foi anunciado, pelo Google, nesta terça-feira.

Em um post publicado no blog do Gmail, o Google anunciou que, a partir de agora, os usuários do serviço de e-mail da empresa passarão a poder enviar, nas mensagens, imagens previamente hospedadas no Google+ Fotos (antigo Picasa web). Os usuários poderão escolher se querem anexar as imagens, ou adicioná-las diretamente ao corpo da mensagem. Até então, havia apenas duas opções: compartilhar imagens do próprio computador, ou através de um URL direto para a imagem em questão.

gmail_integracao_google_plus_fotos

Um outro benefício da nova opção é a possibilidade dos usuários do “Backup automático”, serviço do Google que faz o upload automático de todas as fotografias tiradas pelo celular, compartilharem as suas próprias fotografias com os amigos, via e-mail, através do computador, sem a necessidade de transferir as imagens do celular para o desktop e, somente então, compartilhá-las.

Certamente esta é apenas mais uma integração de muitas que veremos. O quão benéficas são para os usuários, acredito que cabe, a cada um, colocar na balança. Como usuário de muitos serviços da empresa, para mim, quanto mais integração, melhor. Desde que sejam opções, não imposições.

The post Gmail ganha integração com o Google+ Fotos appeared first on Meio Bit.








Author: "Ricardo Fraga" Tags: "e-mail, Anexo, Comunicação Digital, We..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Tuesday, 15 Apr 2014 16:00

oculus-rift

Uma coisa que tem sido bem interessante de acompanhar na indústria de games nos últimos meses é o duelo entre aqueles que estão apostando todas as usas fichas na realidade virtual, e os que permanecem céticos, se muito esperando para ver o quanto a tecnologia será capaz de vender.

Do lado da Oculus VR, empresa que investiu primeiro nesta nova fase da RV, é óbvio que a empolgação está nas alturas, principalmente depois deles terem vendido sua criação para o Facebook e diante do caminho tão promissor que se abriu por causa disso, um dos fundadores da companhia, Palmer Luckey, deu uma declaração que deverá causar uma bela polêmica.

Porque diabos você deveria comprar uma TV de 60 polegadas que, mesmo que fossem muito baratas, o transporte e a matéria prima ainda custariam muito? Um dispositivo de realidade virtual será muito melhor e muito mais barato e você poderá levá-lo a qualquer lugar.

É tudo uma questão de o quão boa a realidade virtual será… Eventualmente ela será boa o suficiente – algum dia, será tão boa quanto ou bem próxima da vida real. Se quiser simular estar sentado em uma sala assistindo TV, você poderá fazer isso.

O bom é que o próprio Luckey deu a resposta para sua pergunta. Eu não me canso de dizer que a primeira vez que testei um dispositivo assim foi lá por volta de 1997 e se na época o negócio parecia que iria revolucionar os games, acabou ficando apenas nisso, uma promessa.

Por mais que a tecnologia tenha evoluído bastante desde então, os HMDs ainda nem começaram* a ser vendidos e por isso não há como termos certeza sobre sua popularização. Ter um aparelho que nos permita uma imersão tão grande é algo fantástico? Sem dúvida alguma, porém, será que todos estarão dispostos a ficar com um trambolho desses pendurado na cabeça?

Hoje mesmo temos muitos jogadores que preferem jogar nos consoles justamente para poderem se sentar confortavelmente em suas salas e por isso acho que as TVs ainda terão uma longa vida pela frente. As vantagens citadas pelo executivo são relevantes, não nego isso, contudo, eu não consigo imaginar um futuro onde todos consumirão seus jogos, filmes e séries apenas através de um HMD e no fundo, acho que nem quero que isso aconteça.

*Foi divulgado que 85 mil unidades do Oculus Rift já foram vendidas para desenvolvedores, um número bastante impressionante se considerarmos que o grande público ainda não tem acesso ao produto.

Fonte: Polygon.

The post Para criador do Oculus Rift, TVs desaparecerão em algumas décadas appeared first on Meio Bit.








Author: "Dori Prata" Tags: "Realidade Virtual, Games, tv, Miscelâne..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Tuesday, 15 Apr 2014 15:40

Aconteceu nos dias 10 e 11 de abril de 2014 em São Paulo um dos eventos mais esperados para aqueles que trabalham na área de fotografia de recém nascidos. Estamos falando do NewBorn Photo Conference que já está chegando a sua a 3º edição. O evento é capitaneado pelo IIF (Instituto Internacional de Fotografia) que conseguiu manter o nível de qualidade dos eventos anteriores. Com o teatro lotado, com cerca de 400 a 500 pessoas, que se encontravam ali pelo mesmo motivo, aprimorar suas técnicas para este tipo de fotografia ou pegar os primeiros passos para começar neste ramo. Ali encontramos fotógrafos de todos os níveis de conhecimento, mas todos com um único foco, o newborn!

Foram 3 palestras por dia, e para estrear o evento, o fotografo Cristiano Borges, pela segunda vez no palco do Newborn  Conference, veio para quebrar o paradigma de que homem não sabe e pode fotografar recém nascidos. E ele mostrou tudo o que sabe, desde a preparação do estúdio, a higienização para lidar com os bebês, equipamentos essenciais para tornar uma foto melhor. Cristiano comenta a respeito do valor a se cobrar pelo trabalho e deixa claro: “Fotografia de Recém Nascido tem o seu valor, e não simplesmente um preço.

newborn_photo_conference_02

A Segunda palestrante foi Gisele Fap, fotógrafa de recém nascidos e gestantes, e ela passou para nós um pouco sobre como compor uma fotografia, desde o primeiro plano ate o plano de fundo, todos enquadrados para suavizar o ensaio. Para Gisele, este tipo de fotografia tem como foco alcançar o emocional da família, das mamães, papais… E pergunta: e a sua foto? Que som ela tem? O que ela quer falar?

Ela nos mostrou que para fotografar este tipo de tema é preciso estar além do trabalho com a simples fotografia, precisa estar por dentro do momento, que é único para as famílias e finaliza : “O Amor é tão incondicional que transborda em lágrimas”.

newborn_photo_converence_03

E no final da tarde a última palestra do dia foi com a Cinara Pícolo, com o tema Tratamento de Imagens para Fotografia de Recém Nascidos, utilizando o Photoshop, mostrando alguns efeitos e técnicas que dão toda diferença no trabalho final dos recém nascidos e deixando a foto, literalmente, com carinha de bebê.

newborn_photo_conference_04

Começando o dia 11, uma sexta feira, às 9 h tivemos a palestra internacional com Lauriel, onde todos participantes estavam com seu fone de ouvido para ouvir a tradução. Tudo muito preparado e de ultima geração este evento. Parabéns para a organização. Lauriel contou sua historia de como começou neste ramo, que certamente coincide com a de muitos fotógrafos. Lauriel era desenhista gráfica  e ficou desempregada. De posse de um equipamento de pequeno porte fotografava amigos, mas por esporte. Neste ponto começaram a curtir o seu trabalho e lhe pedir para que fotografasse as festas de amigos, os filhos de amigos e assim foi ficando conhecida pelo seu trabalho. Ela enfatiza muito a luz, utilizando luz natural ou de estúdio, ela foi dando dicas e passo a passo de como fazer uma boa foto com a ajuda da luz.

Newborn_photo_converence_05

Newborn_photo_converence_06

A Segunda palestra deste ultimo dia, logo após o almoço, foi com a fotógrafa Silvia Martins, porém sua palestra foi voltada para a parte de marketing, com o tema: “Como atrair Clientes e Criar um Negócio de Sucesso”, e olha que ela deu muito puxão de orelha, não deixou ninguém dormir e ainda foi aplaudida de pé. Silvia, assim como os demais fotógrafos que passaram pelo palco, relatam o crescimento deste tipo de trabalho no Brasil e acredita que estamos passando ou chegaremos em breve por um boom, então quem estiver bem preparado, vai se dar bem. 

Uma frase que Silvia utilizou e que marcou foi: “A gente não consegue conquistar aquilo que a gente não sabe o que quer conquistar”. Muito certa para aqueles que querem fazer um pouco de tudo e acabam não investindo o tempo ou dinheiro suficiente em um único ponto, falhando assim nos demais.  Talvez a pessoa até tenha o dom de tal trabalho, mas está focada na área errada. E para um trabalho ser bem realizado, é comprovado que 80% é atitude e 20% aptidão física. Por tanto, o importante é decidir uma área e focar seus esforços.

Newborn_photo_converence_07

A última palestra, e mais esperada  por muitos dos presentes, foi da equipe DigaChis, que mostrou seus trabalhos, suas técnicas e teorias para a perfeição das fotos que realizam. A dupla no palco mostrou com pouca frescura um resultado muito encantador e talvez esteja ai um dos apelidos que esta equipe carrega: “Os encantadores de bebês”. São trabalhos que beiram a perfeição.

Newborn_photo_converence_09

Dois dias de evento foram pouco para o elenco que estava nos palcos e principalmente para nós, curiosos que estávamos ali na arquibancada. Mas, foram dois dias muito valiosos, pois toda equipe que trabalhou na organização do evento está de parabéns pela combinação de ótimos palestrantes e profissionalismo na organização deste evento.

Newborn_photo_converence_10

Texto e Fotos: Nany Carrara.

The post 3º NewBorn Photo Conference — nós participamos appeared first on Meio Bit.








Author: "Gilson Lorenti" Tags: "Promoção, Resenhas, newborn, congresso..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Next page
» You can also retrieve older items : Read
» © All content and copyrights belong to their respective authors.«
» © FeedShow - Online RSS Feeds Reader