• Shortcuts : 'n' next unread feed - 'p' previous unread feed • Styles : 1 2

» Publishers, Monetize your RSS feeds with FeedShow:  More infos  (Show/Hide Ads)


Date: Wednesday, 23 Apr 2014 05:42

O Papelpop foi convidado para “passar um dia” com a Demi Lovato em São Paulo. Foi loucura. Ficamos na cola da cantora durante todo a terça-feira (22) e pudemos acompanhar de perto como é ser uma estrela teen internacional. É gritaria. Pense em muita gritaria! Demi é sempre recepcionada pelos “Lovatics” brasileiros com emoção e berros que assustam.

Foi assim que começou e terminou o dia, como você pode ver no vídeo abaixo, que traz 10 minutos do show da cantora, Neon Lights, em São Paulo.

Mas vamos voltar no começo da terça-feira, depois do almoço, quando chegamos ao Citibank Hall para a coletiva de imprensa.

Fomos cercados por um grupo de fãs que queria saber de tudo. Como ela era, o que eu ia fazer lá, se eu já tinha a abraçado. “Já abraçou? Posso abraçar você para sentir um pouco da sensação?”, me perguntou uma fã. Sério.

Mas eu mal tinha chegado, o dia foi longo e começou na coletiva de imprensa…

A gente nunca sabe o que esperar de uma coletiva de imprensa, mas Demi já começou surpreendendo todo mundo com um “Oi, tudo bem?” e super acessível – apenas para falar de seu trabalho, nada de vida pessoal. Não foi dessa vez que a gente perguntou sobre o romance (?) com o Wilmer Valderrama.

Rolaram perguntas sobre o novo álbum, – que pode sair ainda este ano!, as surpresas da turnê, e até declaração de amor do repórter do CQC, aquele que fez aquela entrevista super engraçada com ela no final do ano passado, lembra?

O que o Papelpop quis perguntar foi sobre o livro “Staying Strong: 365 dias do ano”, que a cantora lançou no fim de 2013. Abrimos o livro e vimos que, no dia 22, a citação que Demi escreve pede para o leitor olhar para trás e se perguntar “De que mudança você mais se orgulha na sua vida?”. E foi exatamente isso que quisemos saber dela.

“Comecei a questionar as intenções que Deus tinha comigo. No fim eu aceitei e me rendi. Quando você consegue abrir mão do seu ego e de outras coisas que não importam tanto, você aprende a conduzir melhor sua vida.”

Ah, uma coisinha: é impressionante como a expressão da cantora muda quando o assunto é os fãs brasileiros. Quando um jornalista quis saber dos “brazilian lovatics”, você via que Demi sorria até com os olhos de tão alegre. Eles realmente conquistaram o coração da cantora.

Meet and Greet: tiramos foto com a gata

Devido ao alto número de pacotes vendidos pela equipe da cantora, os encontros entre Demi e os “lovatics” foram bem rápidos. Em dupla, eles entravam e tiravam a tão sonhada foto com a cantora. Eu e Federico Devito fomos juntos e conseguimos alguns sorrisos da cantora que, pra variar, esbanjava simpatia. Quando a foto nos for entregue, nós mostramos para vocês.

Passagem de som

Saindo da coletiva, a gente teve que passar pelo meio da multidão para chegar ao acesso ao show. Foi desesperador! Como todo mundo queria ir para o mesmo lugar que a gente, o empurra-empurra foi geral, mas logo controlado pela segurança (que, aliás, deu um show no evento).

A passagem de som é bem simples. Demi entra no palco e canta ali, alguns sucessos acústicos para alguns fãs selecionados. Coisa bem íntima, sabe? Além de ensaiar, ela também abre espaço para perguntas (previamente selecionadas) do público ali presente.

The Neon Lights Tour

demi-lovato-show-sao-paulo1

Casa lotada e muita gritaria. Quando Demi entrou no palco, a gente jura que as estruturas do local estremeceram. Com “Heart Attack”, Demi colocou todo mundo pra cantar. Foi um hit atrás do outro e os fãs sabem tudo na ponta da língua. Sorte da Demi que esquece a letra de suas músicas em várias partes do show. Nessas horas, todo mundo ri e vira um clima de intimidade entre fã e ídolo durante o show.

O show segue elétrico por várias músicas, mas tem uma pausa  (nossos corpos agradecem) para um momento de vulnerabilidade. Demi se abre sobre o que aconteceu em sua vida durante os últimos anos (Demi teve problemas de distúrbios alimentares, bipolaridade, auto-mutilação e chegou a ser internada em uma clínica para tratamento).

Nessa hora, as lágrimas na plateia caem parecendo um flashmob previamente combinado. Momento lindo. Até pra quem não é fã, diga-se de passagem.

“Nightingale”, “Warrior” e “Two Pieces”, do último álbum “DEMI – Deluxe”, são destaques da noite por conseguirem demonstrar todo o poder vocal de Lovato, que domina muito bem a voz que tem.

Aliás, em “Warrior”, Demi não deixou passar despercebido o pedido do público para que prestasse uma homenagem à uma fã que se acidentou durante o “acampamento” para um dos shows da cantora. Assista ao momento no vídeo que a gente vai repetir no fim do post.

demi-lovato-show-sao-paulo3

“Let It Go”, de “Frozen” também está lá! Não teve um que não cantou junto, a gente garante. Já no fim do show, são exibidas imagens de toda a carreira de Demi, passando até por “Camp Rock”, pra quem pensava que ela esqueceu que um dia foi da Disney. A noite se encerra com o hit “Neon Lights.

Com os gritos dos fãs pedindo mais, Demi volta ao palco para fazer a gente chorar com “Skyscraper” e dançar com o megahit “Give Your Heart a Break”.

Como o Papelpop nunca deixa vocês na mão, temos 10 minutos do primeiro show da “Neon Lights Tour” em São Paulo, que vamos repetir abaixo:

Demi Lovato ainda faz dois shows em São Paulo na quinta, dia 24 e sexta, 25. Depois, a cantora embarca para o Rio de Janeiro com dois shows esgotados nos dias 27 e 28. Dia 30, é Brasília quem vai conferir o show enquanto Belo Horizonte e Porto Alegre recebem a turnê nos dias 1º e 3 de maio.

Se vale a pena ir? Gente, vocês não leram o que a gente escreveu? ;)

Author: "Luiz Belineli" Tags: "música, demi lovato, neon lights tour"
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Wednesday, 23 Apr 2014 01:32

Minha queridinha britânica trollzinha favorita e muito talentosa Lily Allen… Posso me atrever a dar uma dica para você? Se você decidiu dar uma sacaneada boa nos cantores pop da atualidade e partir pra cima de Kanye West, Katy Perry, Lorde, Rihanna, chamar Lady Gaga de mártir e outras, seria bom vir armada e perigosa pra valer, né?

A gente ouviu hoje a música “Sheezus” em dois posts atrás desse e adorou a ironia. É bom rir mesmo do cenário atual da música. É sadio, é pop, mostra que você tem o que dizer, mas… O clipe tinha que ser tão qualquer coisa? A música não tinha que ser melhorzinha?

A gente adorou a música e o deboche delicioso de “Hard Out Here”, mas essa ficou a desejar, hein?

Mas óbvio que essa é nossa opinião. O que você achou do clipe? O vídeo de Sheezus estava previsto para sair no dia 28, mas foi liberado hoje. O que nos deixa feliz? É a primeira música “marromenos” de um álbum que já teve “Air Balloon”, “L8 CMMR” e “Our Time”.

Então o novo CD de Lily Allen, que virá com 14 faixas, já está bem na fita.

Author: "Phelipe Cruz" Tags: "música, lily allen, sheezus"
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Tuesday, 22 Apr 2014 22:11

Que dia maravilhoso para a música! A gente vem esperando por esse momento há um bom tempo e ele chegou. A diva sueca Robyn está lançando material inédito e da maior qualidade (claro).

As novas músicas da rainha do pop europeu são em parceria com o duo norueguês Röyksopp. Os três estão lançando um EP chamado “Do It Again” e vão sair em uma turnê mundial de mesmo nome juntinhos.

Ouça, se delicie e se acabe de dançar com “Sayit’, “Do It Again” e “Every Little Thing”:

  • Sayit

  • Do It Again

  • Every Little Thing

Há alguns dias, a Robyn e o Röyksopp divulgaram uma prévia da música “Monument”:

Robyn e Röyksopp já haviam colaborado antes nas canções “None of Dem” e “The Girl and The Robot”. O EP conjunto, que ainda incluirá a música “Inside The Idle Hour Club”, vai ser lançado no dia 26 de maio.

Mas desde já nós estamos assim ouvindo essas músicas:

robyn

Author: "Pedro Rocha" Tags: "música, robyn, röyksopp"
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Tuesday, 22 Apr 2014 22:04

O #olhaissopapelpop está chegando do feriadão com as fotos que vocês mandaram para a gente no Instagram! Tem vocês curtindo com a galera, com os cachorrinhos, com muito chocolate…

Se você quiser aparecer por aqui também é simples, basta usar a hashtag no Instagram e seguir o @papelpop!

oif01

O @imjov viveu uma verdadeira ostentação em forma de chocolate. Já a ostentação do professor @willverissimo foram seus coelhinhos lindos!

oif03

Pelo visto muita gente aproveitou o feriado para praticar ioga, é o caso do @jellops_ e do @cazalc.

oif04

A @md_jordao e o @vinnnno também andaram se esticando um puquinho…

oif08

Nesse feriado teve quem escolhesse um ambiente de praia, como o @douglaspbrilhante, ou psicina, como o @rafaeelbrasil.

oif06

Na categoria fotos introspectivas temos o @rafhaelbastos e a @alinegrilo.

oif07

O @jotaerreponto e o @geudson também tiveram seus momentos de viajantes solitários.

oif05

O @josehenrique deve ter curtido bastante o feriado, já a amiga… Enquanto isso, o @brunnoluccas se divertiu com seu papercraft da Katy Perry.

oif02

Dois heróis foram flagrados no feriado. O Homem de Ferro pelo @nicolasfilipe e o mini Capitão América pelo @isuperio.

oif09

O cachorrinho do @daniielnasciimento resolveu tirar uma selfie. Já o @cadubonorino está procurando os outros 100 dálmatas.

oif10

Esse feriado teve gente que pegou carona na mala do carro, como o @lenobrefialho, ou nas festas, como a @nathaliamadeira.

Quer aparecer aqui na semana que vem? Então use a hashtag no Instagram e siga o @papelpop.

 

Author: "Pedro Rocha" Tags: "olhaissopapelpop"
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Tuesday, 22 Apr 2014 21:54

Gente, vocês já viram o trailer de ”The Green Inferno”? Podem ver que vem por aí um filme amedrontador sobre canibalismo!

“The Green Inferno” é do diretor Eli Roth, o mesmo de “O Albergue” e da série “Hemlock Grove”. No filme, um grupo de jovens acaba sendo raptado por uma perigosa tribo canibal na Amazônia peruana.

Pelo trailer, já dá para ver a tribo se preparando para um banquete em que o prato principal é uma jovem norte-americana…

O filme, que deve estrear em setembro, terá participação no elenco da cantora Sky Ferreira.

 

Author: "Pedro Rocha" Tags: "cinema, eli roth, sky ferreira, the gree..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Monday, 21 Apr 2014 21:53

Sério. Isso aqui é emocionante. Antes de mostrar, precisamos voltar no tempo e ir para o ano de 1983, um dos mais ricos do cenário pop mundial, lotado de novidades na música. Madonna tinha lançado seu primeiro CD, The Smiths tinha lançado “This Charming Man”, Eurythmics tinha lançado “Sweet Dreams”, U2 tinha lançado “War”, The Cure tinha lançado “The Lovecats”, Depeche Mode tinha lançado “Everything Counts” e também tinha CD novo revolucionário do Culture Club, The Police, Heaven 17 e muitos outros.

Foi um ano que, sem dúvida alguma, influenciou a música que nós ouvimos ainda hoje. No meio de tanta novidade ótima, Cyndi Lauper chega e surpreende com um álbum de estreia impecável.

Ela ralava há quase uma década para conseguir se dar bem no mundo da música, tendo superado a perda da voz na década de 70 e o fracasso comercial da sua primeira banda, a Blue Angel.

Com um novo contrato com a gravadora Epic Records, as coisas estavam mudando. Cyndi finalmente conseguiu gravar seu álbum de estreia, um disco incrível e que presenteou o mundo com os clássicos “Money Changes Everything”, ”Time After Time”, “She Bop” e o hino “Girls Just Want To Have Fun”.

A mistura de músicas agitadas e baladas lindas com um pop precursor e característico dos anos 80, “She’s So Unusual” foi um sucesso estrondoso. Vou tentar falar somente das músicas porque se a gente entrar no assunto moda e estilo rebelde e inovador da Cyndi, que era copiado por adolescentes em todo o mundo, nós levaremos dias aqui.

Agora vamos falar dessa edição especial linda…

Quando estivemos em Nova York dias atrás (você sabem o porquê da viagem), esbarramos nessa belezura acima: uma edição de aniversário comemorativa do LP “She’s So Unusual”. Um presente maravilhoso para os fãs da Cyndi! Todas as músicas originais, remixes, demos e ainda a faixa “Witness” ao vivo.

E tem um livreto contando a história do disco com dezenas de fotos e outtakes dos ensaios da Cyndi para ”She’s So Unusual”. Tudo fotografado por Annie Leibovitz, que fez praticamente todas as fotos mais importantes da carreira da Cyndi.

Vamos ver os clipes que as faixas do álbum ganharam?

“Money Changes Everything” mostra Cyndi pedindo desculpas para o namorado porque o estava abandonando. Ela tinha arranjado outro cara e o boy estava a esperando no carro lá fora. O namorado tenta argumentar, dizer que ambos juraram amor eterno, mas ela explica que o dinheiro muda tudo.

Hahahahahahahahahaha! Agora me diz que cantora pop tem coragem de falar isso hoje em dia?

Precisa falar alguma coisa, gente? Clipe pop épico, histórico e inesquecível. Música idem. Cyndi Lauper bilionária só por causa dessa composição até hoje. Dois Grammys (melhor música e Best Female Pop Vocal Performance).

É também uma das 100 melhores músicas pop de todos os tempos e um dos 100 melhores videoclipes de todos os tempos segundo a revista RollingStone. A gente sabe disso muito bem e concorda. Affff… Clipe fantástico!

Esse não é um clipe oficial, mas a gente deu uma “roubadinha” porque não dava para deixar essa música fora. É uma composição do Prince, que nos anos 80 fez música pra Deus e o mundo (sabia que “Nothing Compares 2U” da Sinead O’Connor é dele também?).

No caso desta faixa, foi Prince quem primeiro gravou, para o álbum “Dirty Mind”. Lauper quis incluir no álbum dela e preferiu não mudar o sexo da pessoa na letra. O que aconteceu nos anos 80? Escândalo quando ela cantou no American Music Awards dizendo que perdeu o grande amor de uma mulher.

Dá licença, gente. Mais um clipe fantástico da história da música pop. Essa mulher arregaça em “Time After Time”. Desculpa. Olha para o que é feito hoje e olhe isso de anos atrás. Dá pena. :) “Time After Time” chegou ao primeiro lugar da Billboard Hot 100 em 84 e ficou lá por três semanas. Só não levou o Grammy de melhor música porque “Girls Just Wanna Have Fun” também concorria. Difícil competir consigo mesma, hein?

Também é uma das 100 melhores composições pop de todos os tempos de acordo com a MTV e a RollingStone.

“She Bop” veio logo atrás de “Time After Time” e também foi parar lá em cima (em terceiro lugar) na Billboard Hot 100. A música fez sucesso, mas também causou muita polêmica. Para você que não sabe, “She Bop” significa “ela se masturba”. Era a cantora pop do momento falando de masturbação feminina. Sociedade em choque. Agora quando você olhar o clipe, vai entender.

Para piorar e apavorar mais ainda, Cyndi Lauper começou a dar entrevista dizendo que gravou a faixa totalmente nua. Aliás, foi em 1985 que aquele selo de advertência de conteúdo explícito (aquele código de barras preto) foi criado para classificar músicas impróprias. Na época, o tal conselho do Parents Music Resource Center fez uma lista das 15 músicas mais sujas e colocou “She Bop” no último lugar (Prince estava em primeiro “Darling Nikki” e Madonna em oitavo com “Dress You Up”). Vai ver o que eles cantam nessas músicas… :O

“All Through the Night” já tinha sido gravada por The Cars, mas Cyndi Lauper decidiu incluir mesmo assim em seu álbum. Só que fez da canção uma balada perfeita. Uma pena que a faixa não ganhou um clipe (essa é mais uma roubadinha nossa). Mas o vídeo é uma maravilha porque foi feito por um fã justamente para comemorar os 30 anos de “She’s So Unusual”. A música também foi parar no topo da Billboard. Era uma atrás da outra, meu querido. Esse é o “Thriller” da gatinha dos anos 80.

Recentemente, Cyndi Lauper entrou em turnê para celebrar os 30 anos do álbum. A “She’s So Unusual: 30th Anniversary Tour” por diversos continentes com bilheteria esgotada em todas as noites. Cyndi é musa, é um belo exemplo de ótima cantora, performer e ao mesmo tempo diva pop excêntrica. Somos apaixonados.

Author: "Redação Papelpop" Tags: "música, cyndi lauper, she's so unusual"
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Monday, 21 Apr 2014 19:04

Já imaginou se todos os clipes que a gente adora ganhassem uma versão com um dos brinquedos mais legais de todos os tempos? O Papelpop vasculhou a internet atrás dessas montagens incríveis feitas com Lego. São muitas.

Recriar clipes, filmes e virais famosos em versão de Lego não é uma novidade recente. Por isso já dá para achar muita coisa bem feita para obras famosas da música.

A gente pode pedir para que todo clipe tenha uma versão assim? <3

1) Wrecking Ball – Miley Cyrus

Não é o melhor clipe da lista, mas é o mais “icônico” porque é paródia do clipe mais polêmico de 2013.

2) Thriller – Michael Jackson

Parece bem menos assustador né? #traumas

3) Bohemian Rhapsody – Queen

Um clássico assim não poderia ficar sem sua versão. Na nossa opinião, é um dos melhores clipes de Lego dessa lista.

4) Hung Up – Madonna

A gente ficou meio tonto com tanto lego em movimento. Parabéns aos envolvidos.

5) I Want To Hold Your Hand – The Beatles

O que é o bonequinho tocando bateria, gente? <3

6) The Hardest Part – Coldplay

A gente não sabe se gosta mais da versão original ou dessa…

7) Call Me Maybe – Carly Rae Jepsen

Muuuuuito fofo!

8) Summer Nights – Grease

Tem clipes de filme também.

9) Thunderstuck – AC/DC

Acha que é só música pop que ganhou versões dessas gracinhas?

10) Bad Romance – Lady Gaga

Impossível imitar a coreografia com os bonequinhos de Lego, mas eles chegam perto. Hahahaha!

Maraca_Man

Vem, gente!

Author: "Luiz Belineli" Tags: "música, clipes, lego, madonna, michael ..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Monday, 21 Apr 2014 14:51

No Brasil é fácil ver o Neymar em cima do palco de um monte de cantor da nossa música popular. O jogador é praticamente o cara que lança modismos, coreografias e ajuda a “vender” a música de um moooonte de artista no Brasil. Alexandre Pires, Gusttavo Lima, Michel Teló, Parangolé, Thiaguinho e Exaltasamba são apenas alguns exemplos…

Mas agora vem uma foto com o integrante do One Direction, Niall Horan, postada horas atrás por Neymar no Instagram onde o craque diz ser fã da banda. “Que honra conhecer… Sou fã e admiro todo o grupo!”, escrevey Neymar na mensagem.

A gente não duvida disso. O jogador do Barcelona é mesmo um cara extremamente musical. E por isso agora torcemos para que role dancinha do Neymar para alguma música do One Direction nos campos. Ou então que ele participe de um clipe da banda. Ou que suba pra dançar no palco durante o show do 1D no Brasil.

Niall também colocou uma foto com o jogador no perfil dele no Instagram: “Ótimo conhecer @neymarjr ontem à noite! Muito legal e humilde”.

Neymar sendo fã do 1D, gente…

- Baby you light up my world like nobody else… The way that you flip your hair…

neymar_dance-58719

- Let’s go crazy crazy crazy till we see the sun, I know we only met but let’s pretend it’s love…

tumblr_m7qrliMq0P1rb2an4o1_500

- The story of my life, I take her home, I drive all night to keep her warm and time…

neymar

- And we danced all night to the best song ever, we knew every line now I can’t remember…

neymar-dancando

- I won’t let these little things, slip out of my mouth, but if it’s true, tt’s you, it’s you

Author: "Phelipe Cruz" Tags: "famosos, neymar, niall horan, one direct..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Monday, 21 Apr 2014 04:52

Pode falar o que quiser, mas não tem pra ninguém. Não há show pop mais divertido, histérico e cheio de atrações do que o “Bangerz Tour” de Miley Cyrus atualmente.

O trailer abaixo, que saiu alguns dias atrás, é uma prova disso. Os figurinos, os cenários, as músicas pop boas que bombaram em 2013 e a presença de palco da cantora com o maior fogo no rabo do momento… Pode colocar tudo na conta da Miley! É dela!

Dá uma olhada…

Não é demais? Não é o show que você irá mais dar risada e se divertir indo? Isso Miley sabe fazer muito bem.

A gente só espera que ela saia do hospital e trate de se curar e ficar bem. Quando esse show chegar ao Brasil, queremos ver coisa parecida com o que aconteceu dias atrás numa apresentação em Detroit. Quando duas meninas caíram na porrada no meio do show, Miley não separou a briga. Simplesmente deu risada e pegou o celular pra filmar. Não queremos que Miley faça isso, obviamente. Mas queremos essa Miley divertida e sem noção por aqui, por favor!

Separamos alguns prints pra mostrar que tá bonito…

miley-cyrus-bangerz-tour

Essa estampa dela já tá muito famosa…

miley-cyrus-bangerz-tour2

Diva pop do momento? Sim.

miley-cyrus-bangerz-tour3

Cantando junto com a Cyrus, gente!

miley-cyrus-bangerz-tour5

Adoramos a parte do “pijama party”, Miley!

Ao que tudo indica, nós vamos receber essa turnê por aqui perto do fim do ano. Vamos ficar pertinho do palco pra ganhar um beijo na boca dela. Se a Katy Perry conseguiu

Author: "Phelipe Cruz" Tags: "música, bangerz tour, miley cyrus"
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Sunday, 20 Apr 2014 18:43

Muitas vezes a gente vê um seriado e nem sabe que é baseado em um livro. Outras, como é o caso de “Sob a Redoma” de Stephen King, a gente até sabe, ama e já leu o livro e fica ansioso para ver um seriado quando descobre que a história irá parar na TV. Mas nem sempre o seriado é tão bom quanto o livro (como é o caso de “Sob a Redoma” novamente).

Foi inspirado neste livro ótimo que nós resolvemos trazer outras obras literárias e em quadrinhos que são ótimos e já foram levadas para a TV recentemente.

“Sob a Redoma”

sob-a-redoma

A série “Under the Dome”, que está prestes a iniciar sua segunda temporada, é baseada no livro ”Sob a Redoma”, do gênio Stephen King.

O livro fala sobre uma misteriosa redoma ou cúpula que de repente isola a cidade Chester Mill, impedindo a entrada/saída e causando acidentes com quem tentasse atravessá-la. Alguns cidadãos se unem para sobreviver às circunstâncias, enquanto o político Big Jim fará de tudo para se manter no poder.

Na série, apenas essa ideia inicial foi mantida. Novos personagens foram criados, personagens do livro ignorados e ”Under the Dome” vai tentando cada vez mais se distanciar do livro, o que, sinceramente, é uma pena. Por isso siga nosso conselho: leia o livro. Nem precisa ver o seriado.

“The Walking Dead”

TheWalkingDead01WizWorldPortland2013.indd

A ótima série ”The Walking Dead” é baseada em quadrinhos homônimos de Robert Kirkman, que começaram a ser lançados em 2003. A popularidade veio com a série, mas os quadrinhos merecem uma atenção própria, já que possuem alguns acontecimentos diferentes da versão televisiva.

Para nossa sorte, desde 2012 os quadrinhos começaram a ser impressos no Brasil. Além disso, para alegrar ainda mais os fãs de literatura, os HQs inspiraram a série e a série inspirou livros! Sim, além dos quadrinhos temos também livros de “The Walking Dead”, que, inclusive, ganharam novas sequencias. A gente gosta do seriado apesar dele vacilar algumas vezes e ficar monótono. Mas as HQs garantem um ritmo bem mais legal.

“As Crônicas de Gelo e Fogo”

gelo-fogo

Essa indicação é a mais óbvia – e também obrigatória. Talvez o maior motivo de sucesso da série “Game of Thrones” seja a fidelidade com a saga literária ”As Crônicas de Gelo e Fogo”, de George RR Matin.

Vale muito a pena ler todos os livros pelo simples motivo de que é tão genial quanto a série. Além disso, a série nos deixa desejando mais a cada episódio, e o  livro sacia essa nossa vontade. A saga está no quinto volume de deve ir até o sétimo.

Sem falar que você pode ficar sabendo o que vai acontecer antes de muita gente e espalhar spoilers pelo mundo. Hahaha! No caso de “Game of Thrones”, não tem porque escolher se o seriado ou o livro é melhor. Ambos são sensacionais.

“Arqueiro Verde”

arqueiro-verde

As aventuras dos quadrinhos de Arqueiro Verde, da DC Comics, foram adaptadas para a TV na série “Arrow”. Claro que a gente ama ver a série por causa dos atores, mas a história de Oliver Queen é muito interessante e deve ser lida.

“Os Diários de Carrie” e “O Verão e a Cidade”

carrie

A série “The Carrie Diaries” foi originada a partir de dois livros de Candace Bushnell, a criadora da Carrie e de “Sex and the City”, “Os Diários de Carrie” e “O Verão e a Cidade”. Ambos os livros têm muito mais pessoas e acontecimentos legais que na série. Para quem é órfão da Carrie Bradshaw de ”Sex and the City”, vale a lida.

“My Fat, Mad Teenage Diary”

mmfdcover

Aaaaahhhhh que sensacionaaaalllll!!!!!!!! Vocês precisam ver esse seriado (que nós já falamos tanto por aqui). O livro que inspira a série britânica “My Mad Fat Diary”, infelizmente ainda não chegou traduzido.

Mas a série é tão foda que vale até se esforçar no inglês para ler. Diferente da série, que se passa no meio da década de 90, “My Fat, Mad Teenage Diary”, de Rae Earl, se passa no final dos anos 80, mas a vibe é a mesma, fala sobre as dificuldades e ansiedades da adolescência, daquele jeito que só a Rae consegue descrever em seus diários.

buzzzz-rae-stupid

Concordamos, Rae!

Author: "Pedro Rocha" Tags: "livros, arrow, dc comics, game of throne..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Sunday, 20 Apr 2014 16:08

Ah, mas o que tem a ver esse post aqui no Papelpop? Nada mesmo. Dá licença que é Páscoa? :)

Não estamos falando de música, nem fofocando, nem mostrando famosos, nem falando de filmes, nem de seriados… Viemos só desejar uma Feliz Páscoa para todos vocês com um episódio da turma do Charlie Brown, de 1974, onde Snoppy se faz de coelho para distribuir os ovos para todo mundo.

Nesse desenho (uma pena que não achei inteiro na internet), Snoopy começa a surtar de amor para ajudar os amigos e sai jogando os presentes até para o Woodstock, mas, quando chega a vez de Charlie Brown, o ovo acaba. Em inglês, o capítulo se chama “It’s the Easter Beagle, Charlie Brown”.

Não há desenho mais legal e mais fofo que estes criados pelo cartunista norte-americano Charles Schulz. Ele não só mostra momentos divertidos e irônicos como também traz mensagens importantes.

O Snoopy tá tão empolgado que chega a viajar e ter visões como estas abaixo. Obviamente, uma referência ao quadro famoso de Matisse, “La Danse”:

Esse desenho é tão legal, tão fofo… por isso piramos quando vimos o pequeno trecho de “Peanuts”, a animação que estão produzindo para os cinemas e que estreia só em 2015:

Mas agora a gente está de assunto. Viemos aqui só para desejar Feliz Páscoa! Comemore com sua família, ou com seu amor, ou com amigos e pessoas que você considera ser sua família. E não coma com moderação! :D

Author: "Phelipe Cruz" Tags: "fofura do dia, charlie brown, feliz pasc..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Saturday, 19 Apr 2014 20:04

Conhece o termo “chick flick”? Ele é usado muito pelos gringos para classificar um filme que é feito e adorado por garotas. “Meninas Malvadas”, que faz dez anos essa semana, é um belo exemplo disso. O filme em que Lindsay Lohan combate rivais no colégio e desafia a hieraquia social teen já é um clássico imortal.

“Mean Girls” não chegou a revolucionar o gênero de comédia de colégio, mas pelo menos trouxe inteligência, sagacidade e humor nunca antes visto em filmes assim (e por isso você pode agradecer a Tina Fey, que foi a criadora do longa).

Foi para comemorar o nosso “filme de garota” favorito que o Papelpop traz dez outras dicas do mesmo gênero para você que decidiu ficar em casa mergulhando no chocolate sem a menor culpa.

Para facilitar ainda mais pra você, tem tudo no Netflix! É só clicar no nome do filme e assistir.

A nossa lista de hoje tem 10 filmes que mostram garotas poderosas, porque no fim das contas são elas que sempre arrasam nas telonas, né?

1) Meninas Malvadas

Tem filme mais legal pra assistir a qualquer hora? É um clássico que há uma década faz pessoas se apaixonarem por Lindsay Lohan e cia. A professora do filme é a Tina Fey e rumores de uma reunião para um segundo filme (com o elenco original) circulam há anos. Afinal, quem não gosta da história do “Burn Book”? Clique aqui para assistir.

2) Legalmente Loira

Reese Witherspoon, troca o curso universitário de moda pelo de direito só porque é a faculdade para onde seu namorado vai. Aliás, ele termina a relação porque ela é “muito Marilyn Monroe” para alguém que pretende ser político um dia. Ela tentando reconquistar o amor de sua vida, é com certeza, garantia de ótimas risadas. Clique aqui para assistir.

3) As Patricinhas de Beverly Hills

O mais legal desse filme “sem noção” (como o título original sugere) é que, apesar de parecer uma comédia bobinha, na verdade contém uma crítica à juventude que se preocupa mais em consumir e ostentar. E os tempos continuam iguais, né? (O filme é de 1995!). O “look do dia” já existia naquela época, mas era feito por um programa de computador. Hahahaha. #tomablogueiras Clique aqui para assistir!

4) As Panteras: Detonando

Três divas mulheres que, além de lindas e maravilhosas, vivem de combater o crime. Cameron Diaz, Lucy Liu e Drew Barrymore fizeram história. As cenas de lutas são de tirar o fôlego e, de quebra, tem participação do Matt Leblanc, o Joey, de Friends <3, e da Demi Moore, que também dispensa comentários, né? Ah, tem o Rodrigo Santoro também… Clique aqui para assitir.

5) Jovens bruxas

Confissão: eu era pequeno quando esse filme passou na televisão e ficava com medo da bruxa de cabelo curtinho que tinha olho azul e cara de louca. A história mostra o encontro entre uma menina que vem de uma longa linhagem de mulheres com poderes mágicos e três outras, que eram as excluídas da escola. Juntas, se tornam poderosíssimas e trilionárias e se vingam de todo mundo, até que algo dá muito errado. Clique aqui para assistir.

6) A Casa das Coelhinhas

Shelly é uma coelhinha que é expulsa da Mansão da Playboy porque passou da idade. Sem rumo na vida, acaba meio que adotada por uma república de estudantes feiosas e/ou esquisitonas. A partir daí, vai ajudar as novas “irmãs” a ser mais sedutoras. Elas, por outro lado, vão colaborar pra que a nova amiguinha conquiste um rapaz por quem a loira se apaixona. Clique aqui para assistir.

7) Grande Menina, Pequena Mulher

Dakota Fanning, tinha só 8 aninhoss quando fez essa comédia fofa. Na trama, ela é uma pobre menina rica que tenta conquistar atenção da mãe se divertindo infernizando a vida das babás. Até Molly (Brittany Murphy) aparecer e mudar a vida da garota. Clique aqui para assistir.

8) Você de Novo

Kristen Bell é Marni e descobre que sua futura cunhada era a inimiga nº 1 que infernizou sua vida na escola. Agora ela só pensa em fazer alguma coisa para impedir este casamento. Um grande segredo é revelado durante a história, e claro que não vamos contar aqui. Será que esse casamento sai ou não? Clique aqui para assistir.

9) Delírios de Consumo de Becky Bloom

O nome do filme praticamente já explica do que se trata. Becky é tão louca por compras que começa a ter alucinações. Ela é o tipo de pessoa é o tipo que precisa esconder o cartão de crédito para se impedir de torrar tudo nos shoppings. Se identifica? a gente também! Clique aqui para assistir.

10) Missão Madrinha de Casamento

Esse nem é tão antigo mas pode entrar para a galeria de clássicos. A disputa entre Annie, que enfrenta problemas amorosos, e Lillian, cunhada da noiva, para ser a melhor madrinha de casamento da história traz cenas épicas como a do restaurante com comida brasileira e a disputa pelo melhor discurso no ensaio do casamento. Clique aqui para assistir.

Agora é só escolher um e se divertir, mas olha, são todos tão legais que a gente recomenda que você veja todos e conte pra gente o que achou aqui nos comentários, tá?

Author: "Luiz Belineli" Tags: "cinema, filmes, lindsay lohan, mean girl..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Saturday, 19 Apr 2014 16:59

Demi Lovato está de malas prontas para vir ao Brasil e realizar uma série de oito shows esgotados em diversas capitais brasileiras. Para preparar seu coração (e o nosso também), o Papelpop separou cinco momentos legais da turnê que já passou por diversas cidades da América do Norte.

5) Demi fala sobre os problemas do passado

Que Demi Lovato passou por problemas obscuros no passado, todo mundo sabe. Mas sabia que ela usa seus shows para ajudar outras pessoas que podem estar passando pelo mesmo problema?

Se você vivia em uma caverna e não sabe, Demi foi internada em uma clínica de reabilitação para tratar de problemas como bulimia e automutilação. Hoje, ela levanta a bandeira da vida saudável e vive dando conselho para os fãs que passam pelo mesmo. “Eu sou uma guerreira, e você nunca poderá me machucar novamente.”. Inspirador, não?

4) Let It Go

Sim! A música gravada originalmente pela Idina Menzel na trilha sonora de “Frozen” tem a sua versão com a estrela teen. Alguém consegue não cantar junto?

3) Os shows de abertura

Demi decidiu que quer sempre uma garota ou girlband poderosa para aquecer o público antes dela. Já teve Fifth Harmony, Cher Lloyd, Little Mix… quem será que vai abrir aqui, hein?

2) O show tem um aplicativo especial para o celular!

Antes do show você baixa o aplicativo oficial da Demi na App Store e durante a música “Neon Lights”, já no finalzinho do show, ele é ativado com efeitos especiais que acompanham a música. Dá uma olhada no vídeo pra ver como fica legal.

1) As músicas

Em 2008, a gente conhecia a protagonista de “Camp Rock”, nova promessa de sucesso da Disney. Em 2014, já com 4 álbuns de estúdio, ela consegue reunir as queridinhas dos fãs em um show de pouco mais de uma hora. De músicas desconhecidas do grande público como “The Middle”, até o grande hit “Give Your Heart a Break”.

demi-lovato-at-the-neon-lights-tour-opening-concert-in-vancouver_5

“Não é sobre dançarinos ou coisas voadoras (efeitos especiais). É apenas sobre eu, vocês, e esse palco incrível.”
E pra não esquecer…

A “Neon Lights Tour” passa por São Paulo nos dias 22, 24 e 25 de abril; Rio de Janeiro nos dias 27 e 28; Brasília no dia 30; Belo Horizonte no dia 1º de maio; e Porto Alegre no dia 03.

tumblr_m6ej4uHYp91qey84mo1_r1_500

Author: "Luiz Belineli" Tags: "música, demi lovato"
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Saturday, 19 Apr 2014 13:00

É bem comum no mundo da música. Grandes cineastas, uma hora ou outra na carreira, acabam se envolvendo com o mundo da música e fazem de alguns videoclipes que são verdadeiras obras de arte. Foi uma escolha difícil. Às vezes, grandes cineastas começam a carreira em comerciais e clipes de música para depois serem consagrados na sétima arte (é o caso de David Fincher, que fez “Vogue” e muitos outros de Madonna).

Mas teve o caminho inverso também. Scorsese e Spike Lee começaram respeitados no cinema e também acabaram fazendo curtas maravilhosos para grandes artistas como Michael Jackson.

Confira abaixo a nossa lista com 10 clipes fodões dirigidos por cineastas da maior qualidade.

Tim Burton – “Here With Me”, do The Killers

Esse clipe é simplesmente incrível! Aliás, incrível é o fato de uma banda tão legal como The Killers recrutar um diretor tão fantástico como Tim Burton para seu videoclipe. Dá para ver traços bem característicos do diretor em ”Here With Me”.

David Fincher – “Bad Girl”, da Madonna

O meticuloso e competente David Fincher tem ótimos clipes no currículo, como “Express Yourself” e “Vogue”, da Madonna, além de “Freedom ’90″, de George Michael, e “Suit & Tie”, de Justin Timberlake e Jay Z. Mas o mais legal de todos é “Bad Girl”, da Madge. O vídeo tem uma grande qualidade cinematográfica e a participação do ator Christopher Walken.

Martin Scorsese – “Bad”, do Michael Jackson

Em 1987, o já mestre do cinema Martin Scorsese deu seu toque especial para “Bad”, de Michael Jackson. O clássico vídeo do cantor mostra ele atuando com o jovem Wesley Snipes em preto e branco, alternando para cores na hora da música.

Gus Van Sant – “Under the Bridge”, do Red Hot Chilli Pepers

Fodaaaaaaaaa! Ainda no começo da carreira, Gus Van Sant (de “Gênio Indomável” e “Milk”), dirigiu ”Under the Bridge”, clássico do Red Hot Chilli Pepers. O resultado ficou incrível! É um clipe clássico da MTV, que marcou o começo de uma das maiores bandas de rock/funk que o mundo já viu.

E o Anthony Kiedis novinho todo sexy correndo em câmera lenta com cabelos voando e sem camisa no final do clipe? Cena que marcou o coração de muitas adolescentes na época. <3

Spike Jonze - ”It’s Oh So Quiet”, da Björk

O incrível diretor de “Quero ser John Malkovich” dirigiu o espetacular e alegrinho clipe de ”It’s Oh So Quiet”, da Björk, que a gente ama de paixão. Mas Spike Jonze tem mais dezenas de videoclipes em seu currículo, de artistas como R.E.M., Arcade Fire, Jay Z e Kanye West.

Sofia Coppola – “I Just Don’t Know What To Do With Myself”, do The White Stripes

Sofia Coppola, The White Stripes, Kate Moss e um pole dance, quer combinação melhor que essa?

Michel Gondry – “Around the World”, do Daft Punk

Vem do diretor de “Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças” o videoclipe mais clássico do Daft Punk. Os seres e as coreografias futuristas são icônicos! E olha, taí um cineasta com dezenas de ótimo clipes na carreira. Só para dar um exemplo tem o simples e genial “Come Into My World”, da Kylie Minogue.

Heitor Dhalia – “Moon”, do Thiago Pethit

Ano passado foi divulgado o lindíssimo clipe de “Moon”, do Thiago Pethit. A direção ficou por conta do pernambucano Heitor Dhalia, cineasta de “12 Horas” com Amanda Seyfried e “Cheiro do Ralo” com Selton Mello.

Ridley Scott – “I Was Here”, da Beyoncé

Para o Dia Mundial da Humanidade de 2012, o cineasta Ridley Scott, Beyoncé e a ONU se juntaram para o tocante clipe de “I Was Here”, que mostra a diva cantando a música com projeções incríveis de problemas da humanidade.

Spike Lee – “They Don’t Care About Us”, do Michael Jackson

Por último, nem por isso menos importante, na nossa listinha está Spike Lee, que já dirigiu vários videoclipes em sua carreira. Mas um, em especial, é o queridinho dos brasileiros.

Nas ladeiras do Pelourinho, em Salvador, e em favelas do Rio de Janeiro, Spike Lee e Michael Jackson gravaram o histórico clipe de ”They Don’t Care About Us”, lá em 1996.

Author: "Pedro Rocha" Tags: "música, beyoncé, bjork, daft punk, dav..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Friday, 18 Apr 2014 23:00

“Não dá para ganhar uma guerra sem começar uma”, diz o trailer completo do filme “Normal Heart”, dirigido por Ryan Murphy para a HBO que mostra luta dos gays nos anos 80 contra o vírus HIV.

Nas cenas divulgadas anteriormente, a gente via com facilidade os dois protagonistas, Matt Bomer e Mark Ruffalo. Mas agora, no trailer abaixo, divulgado hoje, dá para ver com mais detalhes os outros atores que vão deixar esse filme feito para a TV mais incrível ainda.

Tem Jim Parsons, Jonathan Groff, Julia Roberts e Taylor Kitsch. Fiz questão de tirar print para mostrar…

julia-roberts-normal-heart

Julia Roberts como a médica que ajuda os pacientes…

jim-parsons-normal-heart

Jim Parsons musoooo!

jonatha-groff-normal-heart

Jonathan Groff tendo os primeiros sintomas na praia…

normal-heart-1

Taylor Kitsch, loiro e lindo, fazendo o namorado de Jonathan Groff…

mark-rufallo-normal-heart

E o casal de protagonistas, Mark Rufallo e Matt Bomer…

Olha o trailer completo que saiu hoje:

“The Normal Heart” estreia na HBO no dia 25 de maio.

Author: "Phelipe Cruz" Tags: "televisão, hbo, jim parsons, jonathan g..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Friday, 18 Apr 2014 17:49

Sério. Ele não para. Depois de tirar a camisa no MTV Movie Awards (veja 15 fotos de tirar o fôlego), Zac Efron agora é uma das estrelas de um vídeo, agora é a vez de mostrar o pênis circuncidado para provar que é judeu e conseguir emprego.

A brincadeira é engraçadíssima. O ator de 26 anos tenta conseguir uma vaga no mesmo local de trabalho do elenco de “Workaholics”, do canal Comedy Central. Quem compete a vaga com ele? Seth Rogen, que estrela o filme “Vizinhos” com ele.

Seth é humilhado o tempo inteiro porque o grupo só quer saber de Zac e sua beleza. Num último grito de desespero, Rogen diz para o grupo que ele tinha que ser o escolhido para a vaga porque era judeu. “Mas eu também sou judeu”, diz Zac, que acaba provando ao mostrar seu “fucking gorgeous” pênis para a galera.

“Meu Deus! Foi Leonardo DaVinci quem circunsisou você?”, diz Seth ao olhar para o pênis do Zac. Hahaha!

Outras duas coisas que a gente ama nesse vídeo: 1) a dancinha de Zac no meio e no final do vídeo e 2) o fato de Zac estar engraçado de verdade no vídeo. Deve ser a companhia com Seth!

A comédia “Vizinhos”, com Zac Efron, Dave Franco, Rose Byrne e Lisa Kudrow estreia no Brasil apenas no dia 6 de junho.

“Workaholics” é exibido no canal pago Comedy Central toda terça-feira às 20h!

Author: "Phelipe Cruz" Tags: "televisão, comedy central, seth rogen, ..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Friday, 18 Apr 2014 16:16

É impressionante o tanto de cantoras talentosas que surgem todo ano lá no Reino Unido, né? Em 2014 não poderia ser diferente. Várias garotas bem talentosas estão mostrando seu trabalho por lá e começado a fazer bastante sucesso.

Por isso, resolvemos trazer para vocês seis novas cantoras britânicas que são demais e você deveria ouvir (caso não ouça ainda)!

Chlöe Howl

Com apenas 19 aninhos, a ruivíssima Chlöe Howl já é uma das mais queridas cantoras do cenário alternativo do pop britânico. Ela tem uma vibe synthpop que lembra Robyn, Little Boots e La Roux, mas com um estilo bem próprio.

Ano passado ela fez bastante sucesso com as músicas ”Paper Heart”, ”Rumour” e ”No Strings”. O primeiro álbum da Chlöe deve ser lançado em setembro.

Milly Pye

Milly Pye começou a chamar a atenção das pessoas com seus vídeos na internet, uma delas foi o membro do One Direction Liam Payne.

Milly, que tem 17 anos, também chamou a atenção de gravadoras e da Coca-Cola, que a convidou para cantar “You’ve Got The Love”, da Florence + the Machine, em um comercial. O álbum de estreia deve ser lançado ainda esse ano.

Ella Eyre

A jovem Ella Eyre é uma das mais legais cantoras de R&B da nova geração. Apesar de ter apenas dois singles lançados, a moça já é um sucesso no Reino Unido graças às suas colaborações com Bastille e Rudimental.

O primeiro álbum deve ser lançado ainda em 2014 e deve incluir o já hit “Deeper”.

FKA Twigs

Com descendência jamaicana e espanhola, FKA Twigs já foi dançarina da Jessie J e agora busca sucesso como cantora. Ela lançou independentemente os seus primeiros EPs e em breve deve lançar seu primeiro álbum por uma gravadora.

Foxes

A Foxes está na cena musical britânica desde 2009, já lançou alguns EPs de sucesso como “Warrior” e até esteve na série “Gossip Girl”, mas foi com a parceria com o DJ Zedd no hit “Clarity” que ela estourou no ano passado.

Foxes agora se prepara para lançar o álbum de estreia, “Glorious”, que contém as músicas “Holding Onto Heaven” e “Let Go For Tonight”

Elli Ingram

Elli Ingram, de apenas 19 anos, começou a fazer sucesso na internet cantando alguns covers e logo chamou a atenção das gravadoras. Ela já lançou dois EPs, “Sober” e “The Doghouse”.

Também inspirada pelo R&B, Elli mistura toques antigos com pegadas modernas. Seu primeiro álbum deve ser lançado em breve.

Bônus: BANKS

BANKS nasceu nos Estados Unidos, mas foi lá na Inglaterra que essa maravilhosa cantora começou a despontar. Comparada com o The Weeknd e com influência do R&B e músicas introspectivas, BANKS começou a chamar atenção no ano passado com os EPs “Fall Over” e “London”.

BANKS ficou em terceiro lugar na tradicional enquete da BBC “Sound of…” 2014. Em junho ela lança seu primeiro álbum, o “Goddess”, que tem como primeiro single a ótima música “Brain”.

Author: "Pedro Rocha" Tags: "música, banks, chlöe howl, ella eyre, ..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Thursday, 17 Apr 2014 22:25

Sabe quem é a nova rapper do pedaço? A consagradíssima atriz Meryl Streep. Ela aprendeu com muita dedicação e sucesso a fazer rap durante os ensaios para viver a Bruxa no musical da Walt Disney Pictures dirigido por Rob Marshall, inspirado na obra de Stephen Sondheim.

Quem revelou que Meryl é uma rapper perfeito foi o ator James Corden, colega de elenco de Meryl no musical que está em fase de produção. Segundo o ator, o rap tem ajudado a atriz a desenvolver as habilidades de enunciação.

Corden ainda brincou que o estilo de Meryl é “menos como o de Eminem e mais como o de 50 Cent”.

Coincidentemente ou não, recentemente Meryl foi vista em um jogo de basquete com 50 Cent, os dois até fizeram uma pose meio “gângster” juntos. Será que ela já estava se preparando para o filme?

A revista Vanity Fair lembra que a personagem da Bruxa que Meryl interpretará no filme de fato tem um momento de rap no musical.

No vídeo abaixo, que mostra o trecho de rap com a atriz Bernadette Peters no teatro nos anos 80, nós temos uma ideia de como será o rap de Meryl no musical.

Imagine Meryl fazendo isso:

“Into The Woods” deve estrear no fim do ano e ainda tem no elenco Johnny Depp, Emily Blunt e Anna Kendrick.

Author: "Pedro Rocha" Tags: "cinema, Into The Woods, meryl streep"
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Thursday, 17 Apr 2014 20:39

Os fãs do clássico game “Street Fighter” já podem comemorar, pois a nova versão do jogo está chegando. Previsto para junho, “Ultra Street Fighter IV” já teve a sua abertura divulgada, olha só:

A nova versão do jogo é um aprimoramento da versão anterior. As principais mudanças são a adição dos personagens Poison, Hugo, Elena, Rolento e Decapre, que proporcionam o número de 44 personagens jogáveis. Outras mudanças são os cenários, seis novos ambientes estão na nova versão.

“Ultra Street Fighter IV” deve chegar primeiro ao Arcade e em junho para Xbox 360, PS3 e PC. Quem já tiver o “Super Street Fighter IV” precisa apenas adquirir a atualização digital com todas as mudanças.

Além da abertura, foi divulgado também o trailer japonês do jogo, que mostra um pouco das novidades:

Author: "Pedro Rocha" Tags: "games, Street Fighter"
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Date: Thursday, 17 Apr 2014 18:32

Estou ansioso, esperando no jardim de um hotel no México para conversar com Shailene Woodley. Minutos atrás, eu batia um papo com Theo James, como você já conferiu aqui. Ao lado da atriz, eles formam a dupla protagonista, sexy e encantadora de “Divergente”.

Mas a minha vontade de falar com Shai (aprendi a chamá-la assim de tanto ouvir Theo falar) me deixa ansioso porque porque a garota não é só a grande musa do filme baseado na trilogia literária de Veronica Roth, que surpreendeu nas bilheterias.

Shailene também é uma estrela em ascensão de Hollywood. Começou novinha ao lado de George Clooney no filme “Os Descendentes”, depois fez uma bela atuação no romance “The Spectacular Now”, está atualmente em “Divergente” e, num futuro próximo, será a protagonista do tão aguardado “A Culpa é das Estrelas”, filme também baseado num sucesso literário (este, criado por John Green).

tumblr_lyyojiFYxL1r99b5xo1_500

Shailene impaciente no Havaí com o “pai” George Clooney

Enquanto aguardo para falar de tudo isso e mais um pouco com ela, observo a diferença entre a atriz e o Theo James.

Ele estava sozinho durante esse “matadouro” com a imprensa. Dava entrevista sozinho, andava sozinho ao banheiro e contava apenas com a ajuda da produção de “Divergente”. Já a promessa hollywoodiana Shailene fazia tudo acompanhada de sua própria equipe, formada por quatro pessoas que a supervisionava em todas as entrevistas de perto para evitar perguntas inadequadas. Uma delas sentou ao lado da atriz enquanto eu fazia as perguntas. Bem intimidador.

Shailene-Woodley-Shrug

Achou chique? Achou status? Coisa de estrela de Hollywood? Pode até ser, mas era bem estranho porque nada daquilo combinava com a simplicidade e a informalidade de Shailene. Simplesmente não combinava!

Dou um exemplo: estou junto com outros jornalistas esperando pra falar com ela quando Shailene sai de uma das portas para uma pausa de cinco minutos. Ela queria dar uma esticada no sol ali no jardim que ficava atrás de nós. Ela dá um “oi, pessoal” enquanto alonga os braços e as pernas. “O dia está maravilhoso, hein?”, comenta Shailene. Segundos depois, ela elogia mais um pouco o sol e começa a cantarolar “Beautiful Day”, do U2, de uma forma bem zoeira, com os braços abertos como se estivesse num musical.

Calma que tem mais. Eu ainda não falei da roupa dela. Eu anotei aqui. É sério. Ela usava praticamente um pijama de tão informal que era o look.

Shailene estava totalmente sem maquiagem. Zero. Rosto ainda com cara de sono, mas cru e lindo. Dava para perceber alguns sinais, uma espinha bobinha ali e aqui, mas nada demais. O que ela usava? Uma t-shirt branca, bem básica. Por cima dela, um casaco de moletom cinza, bem surrado e confortável, com capuz cobrindo a cabeça. Nas pernas, uma calça jeans e nos pés um tênis Converse preto de cano longo. Foi assim que a tal estrela, a nova promessa de Hollywood, ia receber jornalistas do mundo inteiro para falar de “Divergente”. Tem coisa mais legal?

Além de ser essa pessoa totalmente simples e simpática, Shailene também é uma garota preocupada com meio-ambiente, cheia das regras para alimentação saudável e boas energias. É viciada em horóscopo (você vai ver na entrevista) e tem uma mania que já ficou conhecida por causa de uma entrevista que ela deu para o talk show do Jimmy Kimmel: Shailene só bebe água mineral da nascente. Sério. Foto abaixo para você conferir.

(Foto: Reprodução Thats-Normal.com)
shailene-woodley-agua

Ela tem as manhas de subir nas montanhas do norte da Califórnia (EUA), onde mora, e encher as garrafas d’água com água natural, que nasce no meio do mato.

E é assim que eu começo a nossa entrevista:

Papelpop: Eu percebi no término da conferência de fãs ontem que você voltou para pegar a garrafa d’água que tinha deixado no palco. Eu fiquei pensando… Será que é água das montanhas que Shailene trouxe com ela?
Shailene Woodley: (gargalhadas) Não! Pior que não. É que eu fico bebendo água toda hora mesmo e não podia deixar lá. Mas não deu pra trazer água natural. Estou aqui por tão pouco tempo e não deu pra trazer minha água.

Você já esteve no Brasil?
Não. Eu amaria.

Você ia pirar na natureza, nos lagos, montanhas… Até mesmo em cidades grandes como o Rio de Janeiro a natureza está presente em todos os cantos.
Eu sei disso. É lindo demais. Eu já estive em Costa Rica e fiquei apavorada. Mas quero muito ir ao Brasil.

Shailene, já percebeu que todos os filmes que você já esteve é baseado em um livro best-seller?
Sim, é engraçado. Muito engraçado. Acho que as pessoas só fazem ultimamente, pegando livro e adaptando pro cinema.

Posso te chamar de atriz rainha de best-sellers?
(risos) É um título ótimo.

Você tem preferência por algum desses livros?
Ahmmm… Cara, eu amo todos eles. Cada livro traz novas lições e experiências e cada personagem é diferente. Difícil escolher um.

O que fez você aceitar o papel de protagonista em “Divergente”?
Eu amei a Tris [personagem principal da história]. Dá para você ver o crescimento dela, ver como ela sobe ao poder, como ela ganha a força e a própria integridade e conhecimento sobre si mesma. Mas eu também amo que, mesmo sendo um filme de entretenimento, traz mensagens muito importantes.

Você tinha alguma preocupação ao interpretar Beatrice (Tris)?
Minha principal preocupação era deixar claro e marcar a transição dela entre as duas facções. Ela vem da facção Abnegação, em que ela era mais sutil e vulnerável, e depois se torna forte e consciente de si mesmo na Audácia, no fim do filme.

shailene-woodley-entrevista-papelpop2

A Tris arrasa o tempo inteiro nos treinamentos, sua, corre… Isso é algo em comum que você tem com ela?
Sim, eu amo suar. Eu preciso suar todo dia. Os dias que não faço isso eu vou dormir me sentindo tão letárgica. Parece que eu não me mexi e não fiz nada todo dia. Então pra mim é muito importante malhar todo dia. Especialmente agora, que a gente tá aqui sentado conversando o dia todo. Me sinto tão sedentária. Gosto de acordar, dar uma corridinha, fazer umas flexões.

Você teve que ganhar peso, músculos para o filme?
Com certeza. Nós malhamos muito, precisamos ficar fortes para fazer todas aquelas cenas. Ficamos nos exercitando por um mês direto. Lutas, jogando facas, porradaria com as mãos…

Eu sei que você adora astrologia e…
QUAL É O SEU SIGNO? (grita Shailene)

Eu sou Capricórnio…
Ah, que legal.

E você é Escorpião, certo?
Isso! (diz, toda feliz, com sorriso gigante na cara)

Eu percebi a sua química com Theo James no filme. É incrível! É por que vocês são ótimos atores ou por que você é escorpiana e ele sagitariano? (risos)
É isso, gente! Meu Deus, você falou com ele antes de falar comigo?

Eu já falei com ele, mas não falei sobre signos porque…
Não, sabe por quê? Ontem a gente ficou falando de signos e entramos uma discussão feroz. Ele é todo filosófico e dizia que eu não podia provar tudo aquilo. Eu mandei ele calar a boca e acreditar. (risos)

Bom, Theo, é astrologia. Sabe a Lua? Ela afeta o mar…
EXATAMENTE! (grita Shailene) E afeta todos nós também.

shailene-woodley-divergente-papelpop2

A química entre Shailene Woodley e Theo James no filme… Muito amor!

Você tem algum signo pelo qual se identifica mais? 
Pra qualquer tipo de pessoa?

Pode ser para amigas, namorado… Que signo tem a pessoa com quem você se dá melhor?
Normalmente eu me dou bem… (pensa Shailene). Não. Minhas amigas são todas escorpianas. Isso não é bizarro?

Vocês fazem um grupo terrível então!
Sim, grupo de mulheres poderosas. Mas com homens eu me dou bem com sagitarianos, aquarianos…

Quando as pessoas te perguntam qual facção você escolheria na vida real, por causa de “Divergente”, você sempre diz Audácia. Já parou para pensar que pessoas de Escorpião vão sempre dizer essa facção?
É verdade. Não tinha pensado nisso. Mas um escorpiano é totalmente forte, mas também é totalmente sensível. E por isso gosto tanto de Tris. Ela é essa força por fora, mas internamente ela é algo doce.

tfiosgushazeltrailer

Eu preciso perguntar sobre “A Culpa é das Estrelas”…
Você chorou no trailer? (pergunta Shailene para mim, toda séria)

Não, mas é emocionante. Eu vi pessoas quase morrendo só de assistir…
O trailer é tão triste! Mas eu acho que o diretor [Josh Boone] conseguiu captar muito bem o tom do livro de John Green. E isso é uma tarefa difícil porque o livro tem um tom muito específico e uma voz muito original. Mas as pessoas vão ficar muito felizes em como o filme ficou parecido nesse sentido. Tudo está bem fiel ao livro.

Você faz parte das milhões de garotas que leram o livro e choraram?
Mas não tem como não ler aquele livro e não chorar. Se eu parar para pensar na história eu começo a chorar aqui agora.

Hazel-Grace-crying-the-fault-in-our-stars-movie-shailene-woodley

Eu preparei algumas perguntas rapidinhas que também fiz para Theo James
YES! (vibra Shailene)

Seu personagem favorito do cinema?
Pocahontas. Acho ela extremamente fodona.

Cantor favorito? 
Hmmm… São tantos. Eu esqueci o nome dele. Ele é o vocalista do The National.

Hmmmm… Fugiu o nome, mas é o cara com a voz bem grave, que canta pra caramba [o nome do vocalista é Matt Berninger].
Sim! Ele tem a voz que eu mais amo atualmente. Quem mais? Amo a Stevie Nicks! Voz perfeita.

Último livro que você leu e chorou?
Provavelmente foi o “A Culpa é das Estrelas”.

O último que você leu foi “Divergente”?
Não. Eu reli “Henry e June”, da Anaïs Nin.

Último filme que te fez rir?
Ai, que difícil… (Shailene fica pensando). Eu vi “Don Jon” muitas vezes no ano passado e dei risada. É triste mas ao mesmo tempo engraçado. E a Julianne Moore está engraçadíssima nesse filme.

A melhor qualidade do seu companheiro de atuação, Theo James?
Hmmmm… ele é real. Um cara real e legal. Ele tem um coração puro.

A qualidade que a pessoa por quem você se apaixonou precisa ter…
Eles precisam se bastar. Eu me basto, ele se basta. A principal qualidade de uma pessoa é ela acordar e escolher ela mesma. Autenticidade. O único jeito de você realmente conhecer uma pessoa é ter uma expressão certeira sobre quem essa pessoa é e o único jeito dela mostrar isso é sendo autêntica, sendo ela mesma. Assim não há mistérios, perguntas não respondidas. Vira uma interação genuína entre duas pessoas.

Comida favorita?
Meu Deus… Eu faço reverência. Meu prazer culposo? Castanhas. Elas são tão boas.

Já experimentou as castanhas do Brasil então?
O quê? São as melhores!

Se você tivesse que colocar o Brasil em alguma facção, qual seria?
O Brasil é muito divertido e livre. Seria uma mistura entre Audácia e Amizade. Conectados à natureza, mas ao mesmo tempo divertido e com o espírito livre.

Obrigado pela entrevista, você é incrivelmente simpática e divertida.
Ah, obrigada. Você também. Volte sempre.

f1ccf7a2-9d67-45af-a4cc-b0005a63d8f6_Divergent-Trailer-5

Volte sempre, gente? Assim, como se eu tivesse feito uma amiga e pudesse voltar pra “casa” dela? Hahaha! Assim é a Shailene Woodley, que trata qualquer pessoa com bastante carinho e proximidade. E é por pessoas assim que a gente torce mesmo pra que ela vire uma grande estrela mundial.

worst-young-adult-book-couple-moments-divergent

“Divergente”, estrelado por ela e Theo James (que a gente já entrevistou aqui), estreia hoje nos cinemas do Brasil.

Author: "Phelipe Cruz" Tags: "cinema, a culpa é das estrelas, diverge..."
Comments Send by mail Print  Save  Delicious 
Next page
» You can also retrieve older items : Read
» © All content and copyrights belong to their respective authors.«
» © FeedShow - Online RSS Feeds Reader